Problemas Sentimentais – pt 2

Texto bom é texto que dá resultado né gente? Então como resultado do Bem O Que Uma E Todas Esperam, além das piadinhas, de pessoas que nunca vi na vida me adicionarem ou mandarem inbox me parabenizando, o que acho totalmente desnecessário, pois poderiam ter me mandado dinheiro ou fotos nuas hahaha e de caras falando que não sou “tudo aquilo”, ou seja, comentário de gente que nem sabe interpretar texto né? Por que de forma alguma disse que era boa em alguma coisa, aliás, deixei bem claro o fato de ser cansada e ter muito sono, se bem que tenho um amigo muito legal que elogiou nossa última noite e só acho uma coisa, se foi bom mesmo temos que repetir né fuckfriend?

tumblr_mjxw5m1euC1rhewsro1_500

            Fora isso queria dizer que voltei a entrar em contato com o menino da Argentina. Aquele que comentei nos “ps” que tinha me proporcionado a melhor noite em uma rua escura, dentro de um carro apertado e bom o resto da para imaginar. E é isso, somente voltamos a nos falar mesmo, porque ele é um menino cheio de sentimentos e acha que eu o magoei incontáveis vezes, afinal, nosso rolo é meio antigo. Então o dito cujo, após ler o texto, me mandou um email fofo dizendo que pensava a mesma coisa sobre sexo e bla bla bla e que quanto a voltarmos a nos ver, ele tinha um pé e todo o resto do corpo atrás em relação isso. Sabem por quê? Porque segundo ele, sou uma menina de 15 dias. Apareço por 15 dias na vida dele, sumo mais 15, apareço outros 15 assim vai eee que ele não queria nada disso…ou como diria Tiffany Maxwell:

tumblr_mh1hlvpTAw1r61emoo1_500

Para falar a verdade, não sei lidar com o sentimentalismo alheio sem mencionar coisas do tipo “para com essa viadagem” ou “vira homem”, e claro isso vale para amigas também.  Como disse em meu primeiro texto no blog “problemas sentimentais – parte I” acredito que no decurso da minha vida perdi inúmeras aulas de menina, pois quando resolvi gostar de verdade de alguém, acabei me decepcionando eternamente (isso é para você, menino que namorei aos 13 anos e que me traiu, engatou romance de um mês com a gata e depois aceitou voltar comigo, porque sou idiota é claro, mas que deixou marcas profundas em meu coraçãozin, por hora, de gelo).

Pois é, todo mundo tem uma desilusão na vida para se lamentar pelos restos dos dias. A minha é ele, o menino de cabelos castanhos e cacheados que roubou meu coração (no modo mais apaixonante possível), que me mandava cartinhas fofas e que tinha um cheiro maravilhoso. Não lembro o nome do perfume que você usava meu jovem, mas até hoje fico com a calcinha no chão quando sinto ele em alguém. Você tinha todo o potencial para ser meu amor da vida inteira, você sempre soube disso, sempre soube o quanto eu gostava de ti e blahblahblah, mas por alguma razão preferiu por um tempo outra pessoa. Voltarmos nunca foi a melhor decisão, mas como já disse a ti em outra oportunidade, dentre meu emaranhado de “queixas”, sempre houve o desejo de sua constante presença a meu lado.

Mas isso não foi o suficiente quando nos encontramos novamente aos meus 18 anos. Você tinha crescido de uma maneira que eu passei a odiar e eu não conseguia manter 15min de conversa contigo, o que é raro dado o fato de que falo demais. Você seguiu a sua vida enquanto eu continuei a amar o mesmo menino que conheci aos treze, você trilhou outros caminhos, conheceu coisas novas e principalmente, dormiu com outras garotas, apesar da inexperiência aparente ao tirar minha virgindade. Eu que sempre imaginei que perderíamos juntos né? Eu que sempre pensei que não precisaria guiar ninguém ao pote de ouro. Bom, foi uma noite complicada, mas que valeu a pena pelo fato de ter me proporcionado a conclusão de que não, você não era mais meu amor e nem voltaria a ser.

Acredito que tenha sido depois de algumas noites compartilhadas contigo que eu tenha me tornado essa pessoa totalmente estranha, sem sentimentos ou moral e que nunca conseguiu manter um relacionamento sem que não houvesse traição e brigas. Pois é meninos, sem querer querendo, trai grande parte de vocês. Essa sou eu aos meus 21 anos. Obrigada primeiro e único namorado, por ter me mostrado que aqueles que mais amamos e confiamos serão os primeiros a nos trair. E por ter me dado a sensação de que posso fazer o que quiser com os sentimentos alheios, já que você brincou inúmeras vezes com os meus e eu continuei de pé.

tumblr_mic4711RkN1rzexpso1_500

Por que eu contei inteira a minha única história de amor? Bom porque isso explica o termo 15 dias. Eu realmente sou uma menina de 15 dias. Me canso rápido das pessoas e de suas conversas entediantes, assim como de seus beijos e toques. Tenho a sensação de que sempre “existe” um melhor depois do atual e que eu me estabelecer com alguém agora, seria total desperdício de tempo e energia. E como bixa preguiçosa que sou e crente total na máxima “não se mexe em time que está ganhando” continuo com a ideia de que apesar de gostar muito de alguns aspectos das relações amorosas, sou incapaz de me entregar verdadeiramente a qualquer pessoa. Aliás, em meio a minha troca de msgs com o menino da argentina, já tive três crises de pânico, uma com o futuro que ele deseja outra referente ao que eu realmente desejo e uma terceira com o fato de que nunca resolvo meus casos antigos e só vou abandonando e abandonando e abandonando… sem explicações ou motivo aparente.

Talvez eu realmente tenha nascido para ser “TIA”. A tia solteirona, rodeada de livros e inúmeras latinhas de cerveja. Ou talvez como minha própria tia me disse, eu só não tenha achado a pessoal ideal, não que não tenha encontrado pessoas boas, a minha vida é repleta de caras legais que merecem pessoas boas, apenas não  encontrei o meu ideal. Honestamente, prefiro acreditar na minha tia. Só espero que o “ideal” da minha vida, seja aquele gato sarado, rico, inteligente, que goste de silêncio e que fale tenha o rosto/corpo do Pat Solitano, afinal, os sonhos estão aí para serem sonhados:

tumblr_mqp4ezBdWI1sytwxdo1_r2_500

Anúncios

Um comentário em “Problemas Sentimentais – pt 2

  1. Olá! Encontrei o blog por acaso e depois de ler alguns posts seus resolvi comentar! Basicamente porque me identifiquei contigo, apesar de ser uma (infelizmente) balzaca. Rsrsrs
    Só quero dizer pra que se prepare… Pois apesar de ser absolutamente aceitável e normal uma mulher querer continuar solteira nos seus vinte e poucos anos, o mesmo não acontece quando vc já passou dos 30! Fico doente quando me olham com uma cara de piedade, como se eu fosse uma pobre coitada totalmente indesejável, toda vez que digo que sou solteira… Ou quando alguma tiazona me pra não me preocupar, porque Deus está guardando algo maravilhoso pra mim… Haja paciência!
    Bom, é isso… Parabéns pelos textos e tenha dó do rapazinho da Argentina!
    Um abraço!

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s