Universidade, TCC e blá blá blá

Cá tô eu, dividindo meu tempo com este texto, meu tcc (o bichinho que não anda) e meu café, ah café, salvação dos meus dias, como eu te amo neguinho, huuuum, e fico pensando, que tema falar? Amores passados, desaventuras, figuras femininas?

163438_1626415631539_1570985599_31419681_6816403_n_large

Aí olho pra esse texto, olho para o Tecelino (nome do meu TCC). Olho para a tela. Para o teto (Olha! uma mosca voando), para todos os cantos e fico pensando, qual tema, tema, tema? Temaki 😀

Sabe, aí pensei. Porque não falar da universidade? É, é isso.

Pode parecer uma coisa tão simples para quem já está nessa instituição. Mas foi tempos de luta, óo. Principalmente para você girl, até tempos atrás nós, mulheres não frequentávamos nem a escola regular, isso foi luta e conquista.

Ainda que a porcentagem de pessoas cursando uma graduação não seja tanta (cerca de 13,2%). Pergunte para seu avô, se ele tem uma graduação. Tô indo muito longe? Seus pais? Meu querido, poder escolher um curso que você sonhou desde criancinha é um privilégio.

Mas porque to eu aqui tagarelando blá blá blá? Talvez porque é o meu último ano, sabe quando se cria incertezas? Cara, foram 4 anos da minha vida, nem acabou e já vai batendo uma saudade. Uma nostalgia.

Não, não quero seguir a profissão que escolhi para os restos dos meus dias, por mais que ame o que tenha escolhido, acredito ser mera transformação, ficaria frustrada se continuasse com a mesma rotina sempre, todo o santo dia. Eu gosto de me reinventar, mas por mais que eu mude, vou levar momentos significativos da minha formação atual, foi na universidade que me foi favorecido tantos conhecimentos (não, não estou afirmando que o mundo dos conhecimentos esteja somente ali, meus caros, nosso dia a dia é recheado de aprendizados).

Foi na universidade que eu comecei a refletir tanta coisa, olhar para si e entender um pouco dessa infinitude de mundo e suas contradições, compreender melhor as pessoas (não, não estou cursando psicologia, e o ser complexo esse bicho animal), foi também na universidade que eu fiz amizades que eu vou carregar sempre, do lado esquerdo do peitoooooo (8)

Professores que se tornaram grandes amigos, e pessoas que eu tenho plena admiração.

tumblr_lbsxlnugnr1qbqn53o1_500

Sei lá, acho que amadureci muito nesse tempo, não é porque estou me formando que os conhecimentos se cessam, há tantos pontos de interrogação ???????????????????????? Oi?

Há, eram tantas incertezas com os 16 anos, mas hoje percebo que fiz a escolha certa, sabe, mudei, e muito!

E você pessoinha, esqueça se você imagina a faculdade um American Pie, haha. Mas saiba que você terá momentos bons, coisas boas a se levar, coisas ruins também, como o professor fdp que vai te reprovar por 0.01 (y).

Se você é CDF, gênio na escola, não significa que você terá sucesso na faculdade. Sério, conheci nerds, que já ficaram zilhões de vezes de DP.

Nunca bebeu? Xíii, espera entrar na faculdade.

Todo ano você fará promessas de que vai se esforçar e vai estudar muito, tentativas falhas. Esqueça suas noites de sono.

Hahaha, você não vai ver a hora de se formar, e quando estiver se formando vai querer voltar tudo de novo.

São momentos memoráveis.

É tão lindo desabafar com vocês … Bom, mas vou lá. Tio Bourdieu tá me esperando, para terminar o Tecelino, um beijo :*

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s