Relacionamento à dois…

Existem pessoas que não sabem a real importância de um relacionamento à dois. Entre idas e vindas, todo e qualquer casal enfrenta dificuldades e desafios, para então chegar à uma conquista. Porém, só os fortes de espírito e força de vontade é que prevalecem nesse relacionamento. Não basta somente um lutar, a luta deve vir de ambas as partes.

Quando chega o momento em que o desgaste toma conta, é necessário parar, avaliar e respirar, para então decidir qual escolha tomar. Mas, como nem toda sensatez é possível, quase sempre um dos lados desiste. Simplesmente joga tudo para o alto, achando que o “livrar” da preocupação no futuro, será o “aliviar” das coisas. O que se deve entender é que, em nenhum momento o certo é desejar o mal. Mas, por outro lado é necessário sim esperar que a ficha caia e que o preço seja pago. Talvez a realidade seja outra. Festa, amigos, baladas, bebidas… Mas, e lá na frente? Como vai ser? Valerá então por fim, abrir mão de tudo, para nada? Bem, enquanto esse “tempo” não chega, resta àquele que ficou continuar a vida.

Imagem

Mas, e daí? Do nada vem alguém e diz “eu te amo”. Ama mesmo? Na boa, falar de amor é fácil, quero ver amar de todas as formas e tamanhos. Amor entre duas pessoas. Pessoas diferentes, com jeitos, manias e costumes totalmente opostos. Aceitar o outro como ele é. E acrescentar algo de valor, mesmo que seja difícil. Isso sim é AMOR. Amar vai além de “afinidade”… Amar vai além de “entendimento”… Amar vai além de “estar junto”… Amar é ter coragem, é renunciar quando preciso, é lutar pelo “outro” na mesma proporção em que se espera que o outro lute por você. Amar requer ousadia.

E olha, algo muito importante que aprendi é que existem situações na vida em que, só sabemos como vamos reagir, a partir do momento em que decidimos enfrentá-las de cara. Alguns se surpreendem com tamanha força que nem mesmo achava que tinha. E os que se consideravam “fortes” se encontram estremecidos e fracos. Sabe aquela historinha que diz que o tempo cura tudo? Pois é… Ele cura mesmo. Mas, não só cura a ferida que ficou, ele traz também o renovo, a confiança e a vontade de não desistir. Essa força que vem do tempo não é provida de autoconfiança, ela só existe para aqueles que não temem por ameaças, mas sim que confiam em Deus!

Se cada um PRIORIZAR o amor próprio, o relacionamento a dois terá tudo para dar certo.

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s