Pra ser sincera

tumblr_l60zagXnxV1qc94yjo1_500-1

Para ser sincera, eu não gosto de Tequila descobri depois de longas ressacas que elas não me fazem bem. Talvez eu estivesse enganada ou bêbada demais para lembrar da verdade, quando bati meu recorde de 7 doses em uma cervejada. Não lembro como cheguei em casa, como fui parar em lugares estranhos e quantas vezes me derrubaram no chão. Por isso e pelo fato de nunca lembrar o nome das pessoas é que não gosto de tequila.

No entanto, ela me ensinou muita coisa. Não me proporcionou os mais doces gostos em minha boca e nem as melhores lembranças, mas me mostrou que há pessoas que realmente gostam de mim e que se preocupam com a minha integridade física e moral.

Para ser sincera, eu não gosto de cigarro. Descobri isso durante os dias pós-baladas em que sentia minha garganta surpreendentemente irritada. Talvez eu estivesse enganada ou novamente bêbada demais para lembrar de verdade, mas quando bati meu recorde de 3 carteiras de cigarros de meninos em único final de semana e parei de sentir o gosto da comida e até mesmo o gosto pela comida, descobri que realmente não gosto de cigarros

No entanto, ele me ensinou muita coisa. Não me proporcionou os mais doces gostos em minha boca e nem as melhores festas, mas me mostrou que os grandes amigos de balada são feitos na área de fumantes e que lá há um universo paralelo, onde o tempo para e as pessoas ficam em câmera lenta, mais bonitas e divertidas, elas falam entre o mar de fumaças e as lembranças de uma noite na década de 50 se tornam cada vez mais nítidas.

tumblr_m42zru2xI51rt59q1o1_500

Para ser sincera, eu não gosto de sertanejo. Descobri isso durante meu percurso mental por entre meus gostos musicais. Talvez eu estivesse enganada ou muito mais bêbada para me lembrar da verdade, mas quando lembro que praticamente passei a virada do ano na Woods e que fiquei com o cantor da noite, descobri que realmente não gosto de sertanejo.

No entanto, ele me ensinou muita coisa. Não me proporcionou as melhores baladas e nem as melhores danças, mas me mostrou que meu primo será o único que deixarei me conduzir e que a dança pode ser uma desculpa para uma ficada casual.

Para ser sincera, eu não gosto de falar sobre o que sinto. Descobri isso ao relembrar de conversas que tive com algumas pessoas. Talvez eu esteja enganada ou esteja me mantendo sóbria demais ao ponto de parar para pensar nisso. Mas depois que vi que só consigo falar com as pessoas a partir do momento em que escrevo a elas e que prefiro conversar mentalmente com minhas amigas, a me indispor a elas, descobri realmente que não gosto de falar sobre o que eu sinto.

No entanto. Não. Falar sobre o que eu sinto não me ensinou muita coisa, a não ser o fato de que as pessoas estão ocupadas demais para se importarem e que eu também estou ocupada demais para ouvi-las. Ainda defendo as DR por escrito, os longos emails e textos imensos. Creio nas palavras escritas, elas dizem o que a boca não tem coragem e não morrem sem antes passarem para o mundo dos vivos.

Anúncios

3 comentários em “Pra ser sincera

  1. Nossa Brulinda, esse foi direto. Mas eu acredito mais nas palavras ditas, na hora, na cara. Com o calor das coisas, da raiva e do amor e tudo e tals. Elas são mais sinceras, ainda que exageradas. Se filtrar bem a gente percebe que fica só o que queria mesmo dizer. Quanto a DRs por textos longos e e-mails sem fim não. Eles são pensados, análisados e editados até terem o tom exato da reação que a gente esperar causar: dor ou muuuito amor. E eles são mais perigosos, é mais dificil apagar. E esse texto tá oh: mara. Amo áreas de fumantes, inclusive quero fazer um bar só para eles, no caso, só para nós já que eu gosto mesmo de cigarro.

    1. É que na verdade, eu super “travo” ao falar sobre determinados assuntos com as pessoas. Principalmente no quesito amizade. HAHAHAHA sou uma inaia. Por isso adoro a escrita, pq lá não me limito e consigo me expressar beeem melhor.

      MeuDeus, Vc falando que meu texto ta bom? XOREI. Obrigada MirianGata. E quanto a áreas de fumantes, nada nunca superará a varanda do zéppelin 😦

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s