Desabafo do Mafagafo: Feminismo

Oi moçada linda. Essa semana quero usar meu espaço aqui no blog pra falar pra vocês algumas coisa que se passam dentro dessa minha cabeça cheia de pensamentos malucos. Hoje quero deixar de lado a coisa romântica, e também não vim trazer algo novo da indústria POP. O papo da vez vai ser algo mais interessante: Feminismo.

tumblr_mxweutQN7B1qlf1v0o1_500_zpsa72ddace

Pra começo de conversa, sou um cara que faz parte de um blog saturado de mulheres maravilhosas (oi gatas \o/). Mas não é o principal motivo pelo qual decidi escrever sobre esse tema. O feminismo é algo que vem crescendo dentro da minha cabeça desde cedo, desde pequeno. Mesmo criança, discordava de inúmeras coisas que presenciava com familiares, com estranhos na rua ou mesmo na televisão.

Acredito que todos tenham em mente o que significa o feminismo, e principalmente, o que ele não significa. O feminismo não é um movimento anti-homens, porque isso seria ridículo, ao meu ponto de vista. O verdadeiro significado do feminismo é baseado no ideal de que homens e mulheres devem ter direitos iguais. Igualdade, não uma guerra pra ver quem pode mais, quem é mais forte ou melhor.

Minha história é a seguinte. Eu cresci vendo na televisão e em casa que os serviços domésticos eram feitos pela mulher, pois o homem tinha o dever de ir trabalhar fora e trazer dinheiro para sustentar a família. A mulher não tinha voz, dependia sempre do esposo tomar decisões por ela. Isso nunca foi algo que eu conseguia compreender. E agora paro para refletir um pouco sobre como uma mulher consegue se virar e crescer num mundo onde a cultura é tão cruel com ela.

Para uma mulher conseguir ser quem ela quer, ter sua profissão, e ainda manter uma família com marido e filhos, ela precisa fazer muitos papéis dos quais poderiam (e deveriam) ser divididos pelos seus parceiros (que em certos casos mais parecem um encosto em suas vidas). Enquanto o homem tem sua rotina tranquila de trabalhar durante a semana, assistir seu futebol com os amigos nos finais de semana e esquecer de filhos e esposa porque se diz “muito cansado, devido ao trabalho”, eu imagino (e vejo de perto) a rotina de muitas mulheres trabalhadoras, que levam os filhos na escola, trabalham fora, muitas vezes ainda tem os afazeres de casa e a comida pra fazer quando o maridão e as crianças chegarem.

E assim eu cresci com a mentalidade de que a mulher é muito forte, e que a injustiça e violência que elas sofrem por homens machistas é muito pior do que posso imaginar. Machistas. A grande maioria da massa masculina, diga-se de passagem. Sim, digo isso por que sou homem, e é muito difícil você encontrar algum cara que não tenha uma posição machista, nem que seja mínima, numa roda de amigos. Sempre tem algum comentário ruim, maldoso, e muitas vezes, esses comentários são em forma de “brincadeiras”. Minha vó já dizia que toda brincadeira tem um fundo de verdade, e no caso do machismo, parece ser tão fundo que nem eles mesmo conseguem perceber.

Além disso, quem nunca ouviu uma música machista na rádio? Na balada? Aquele funk ostentação ou aquele sertanejo com uma letra horrenda sobre como o homem é “o cara” por ter um carrão caro e muitas mulheres dentro? Cresci ouvindo as músicas de parentes e vizinhos que diziam sobre como a mulher era um objeto, tanto sexual, quanto de conquista, de diversão.

Acho que o objetivo do meu desabafo é falar aqui para todos e todas que eu, Pedro, sou homem, e sou feminista. Defendo os objetivos de que a mulher deve ter os mesmos direitos que os homens, e que ela deve ser quem ela quiser, se vestir da forma que quiser, pois o corpo é dela, e um vestido curto não causa um estupro. Uma mente ignorante sim. Apoio com todas as forças a luta que muitas mulheres decidiram tomar em busca de maior respeito, dignidade e igualdade. Acredito que estamos numa guerra sim, mas não entre os sexos, e sim entre a racionalidade e a ignorância.

Pra finalizar, quero mandar algumas dicas para os boys de plantão:

1- aprenda a tratar uma mulher como igual.

2- Talvez  trocar o gosto musical possa ser algo considerável, se as músicas que você ouve falam sobre como aquela mina é gostosa e “tá doida pra dar”.

3- Dar uma de pedreiro e cantar as gatas na rua não vai fazer com que ela queira te dar uma chance.

4- Piadas sem noção não são bem vindas, antes de soltar uma piadinha tosca, pense bem no que está ta falando.

5- Não use o feminismo como forma de ganhar vantagens pra conquistar uma garota, isso só vai mostrar o babaca que você é.

feminista homem

Agora fiquem com o vídeo de Run the World (Girls) da Beyoncé pra todas bater cabelo e gritar quem manda no mundo (gurls)!

XOXO.

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s