Aprenda a estar sozinho.

Não sei se existem regras para viver uma vida feliz. Mas se existissem, acho que uma das fundamentais seria: Aprenda a estar sozinho.

Para alguns, isso pode parecer meio depressivo. Mas não é. E eu vou explicar o porquê…

Muitas vezes somos levados a acreditar que estar sozinho é triste. É deprimente. É ruim. Somos seres sociais, e como tal, precisamos da companhia de outras pessoas para aprender, acrescentar, compartilhar, enfim… Na verdade, eu acredito mesmo que seja isso. De fato amigos, família, namorado(a) trazem muitas coisas boas para nossa vida. Mas é praticamente impossível estar  sempre – 24h por dia, 7 dias por semana, 365 dias no ano – acompanhado de alguém. Cedo ou tarde, precisaremos enfrentar a solidão.

ninho1

Por isso, penso que é preciso estarmos preparados para isso, sem achar que é o fim do mundo. Porque não é. Quando a solidão é bem aproveitada, surpresas muito agradáveis sobre nós mesmos podem ser descobertas….

Certa vez minha mãe me falou: “-Nessa vida, minha filha, nós nascemos e morremos sozinhos. Por isso, aprenda a fazer as coisas por si e não dependa dos outros”. A princípio, pode parecer um conselho egoísta. Mas acho que foi uma das coisas mais sensatas que já ouvi. E que tento levar comigo cada vez que a tristezinha da solidão aparece.

Saber estar sozinho não quer dizer que você não quer a companhia de outra pessoa. Nem que ninguém te ama. Ou que você não precisa de ninguém e saberá ser auto-suficiente. Saber estar sozinho é ter coragem de aturar a si mesmo, e de ter disposição de se auto-conhecer. Saber estar sozinho é estar em paz consigo, e se sentir bem.

Acredito de verdade que quem não é capaz de ser feliz na sua “própria companhia” é incapaz de ser feliz na companhia do outro. Pode parecer bobagem, mas quando você acredita que só é feliz estando na companhia das pessoas que você ama, é porque algo dentro de você ainda não está bem encaixado… as peças ainda não se montaram e parecem muitas vezes não fazer sentido… E a solidão muitas vezes é importante para que a gente consiga montar nosso quebra-cabeças.

Por isso, aproveite cada oportunidade da solidão para estar de bem com você. Crie oportunidades para estar sozinho. Use esses momentos para refletir sobre a sua vida, meditar, colocar seus filmes e séries em dia, ler, estudar, escrever. Dance pela casa e aprecie uma boa cerveja (ou a sua bebida favorita) escutando aquela banda que só você gosta… Teste uma receita nova ou ande pelado pela casa. Fique a vontade na sua companhia.  Dê uma volta no bairro, vá ao cinema, à livraria, sente num bar, num café. Descubra-se. Faça as pazes com você mesmo.

ninho

Aos poucos será  possível perceber que, quanto mais estamos felizes com quem somos, mais fácil é aceitar o outro, aproveitar sua companhia e respeita-lo em sua individualidade.

Estar sozinho é permitir se conhecer. É trazer a tona nossa própria realidade e aprender a lidar com isso. É poder ter tempo de cuidar de  nós mesmos, do corpo e da mente. E quando a gente se conhece, aprende a lidar com as nossas forças e fraquezas, se ama,  quando a gente se aceita e aceita o outro, e não projeta nosso bem estar em outra pessoa, é mais fácil ser feliz.

Anúncios

Um comentário em “Aprenda a estar sozinho.

  1. Quando eu falo todo mundo acha que sou mal amada, que prego falta de amor, quando na verdade entendi que me amando e me entendendo sozinha, fui capaz de dar amor e entender o próximo.
    Seu texto sintetiza de forma perfeita minha ideia de que a solidão pode sair de posto de veneno para o melhor remédio. ❤ Perfeito Débora!

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s