A madrugada e seu caos

3

Dizem que é proibido escrever em primeira pessoa, afinal o texto tem que manter a imparcialidade… Pelo menos foi isso que aprendi na faculdade. Mas como escrever sobre madrugadas caóticas que são um combustível para insônia sem utilizar toda a minha bagagem pessoal?

Li em algum lugar que é durante as madrugadas que turbilhões de coisas acontecem… É enquanto a lua tá bem no alto do céu que os autores perdem o sono e o que poderia ser um sonho se transforma em inspiração, é no meio do silêncio que os jornalistas escrevem como loucos a pauta na esperança de não perder o furo de reportagem, é na calada da noite que músicos compõe canções para presentear nossos ouvidos, assim como os poetas transformam a escuridão em rimas que aquecem os corações e os atores aproveitam essas horinhas noturnas para decorar textos e dar vida aos diversos personagens da alma…

2

Não sou poeta (não sei fazer rimas), não sou atriz (mesmo quando estudo textos e crio personagens utilizando minha própria história), não sou uma autora (pelo menos não considero os mundos e realidades criados pela cachola como algo “profissional”, são amadores, vem como um desabafo), não sou musicista (as músicas que crio são apenas estranhas e servem para divertir e relaxar a baby dino) e apesar de ser formada em jornalismo, não trabalho nessa área, por isso também nesse momento não me considero uma jornalista.

Porem quando se trata de madrugadas, caos e turbilhão de pensamentos causadores de insônia posso dizer que sou especialista… Sei muito bem como perder o sono no meu próprio caos, olhando fotos antigas, repassando momentos em minha memória, sentindo saudades e me perguntando “como seria minha vida se tivesse mudado alguns detalhes”. Também sou daquelas que se perde na noite na boa e velha companhia de um livro… Esqueço completamente o sono para me entregar ao enredo de um filme, um seriado, algo que passa na tela. E no auge da paixão ou desilusão escolho a lua no céu para ficar pensando.

Sim, sou uma pessoa noturna e acredito fielmente e de olhos fechados, no que li, durante a madrugada tudo acontece. Desde uma simples ideia até o começo, meio e fim de uma história. E por mais engraçado que seja, no meu caso pelo menos, quando ouso escrever é durante esses momentos que os melhores textos saem, são nesses momentos que me deixo reinventar meus próprios personagens, que fico cantarolando para a minha pequena dormir, que sinto todo o amor do mundo capaz de transformar palavras em rimas perdidas e que quando trabalhava me deixava ler e separar as pautas que faria durante as horas do dia… Até mesmo no tempo da faculdade (que nem faz tanto tempo assim) estudava, brindava e dançava.

1

E foi em uma madrugada que parei para observar o tempo passar, olhando para o teto e tentando escrever algo. Sinto muito em confessar, mas este texto foi escrito enquanto eu me enchia de nostalgia lembrando do tempo no qual me permitia escrever, rimar, atuar e amar. E nela ainda me perdi, culpando-me por ter amado mais do que poderia suportar, me torturando ao lembrar que por este fato deixei de lado os palcos, os sonhos, os textos, a profissão e até mesmo as melodias que embalavam meu sono. Agora fico aqui apenas a olhar pro teto esperando o tempo passar e nem consigo no minimo escrever algo que faça sentido, com um pouco de foco e que tenha um fim sensato.

E mesmo assim, não faltaram tentativas de argumentar sobre o turbilhão da madrugada e o caos causados por ela… Mas como já disse a bagagem pessoal é imensa para não me influenciar. Me perdoem por isso, mas só queria mesmo divagar sobre o belo luar e seu efeito, só que me deixei levar.

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s