Desencontros

tumblr_n0dtfuSAQf1s5os63o1_500

Ele olhou pro lado, aquela pilha de papéis amassados na lixeira, o resto do café da manhã, almoço e janta de ontem fazendo encher de moscas a sala de estar. O Sr. Black, seu gato, o fitava com um olhar que parecia dizer com todas as palavras “- Você é um completo imbecil. Vá pegar minha ração.”. E ele estava certo, Greg era um perfeito e completo imbecíl. Sei disso e confirmo a você porque eu estive presente todos os dias de sua vida.

Ele nunca foi um homem ruim, nunca fez algo de mal a alguém, não intencionalmente. Seu maior erro era não saber aproveitar o que a vida lhe oferecia. Certa vez, quando ainda era jovem, Greg recebeu um convite para viajar com seus amigos, mas não foi porque é muito mão de vaca. Mas ele não sabia que nessa viagem ele iria se esbarrar no empresário que se tornaria seu futuro amigo e sócio numa empresa que iria lucrar mais dinheiro do que ele já quis em toda sua vida.

Aquela vez em que Greg não pode ir ao parque fazer a caminhada matinal porque estava preocupado demais com as contas pra pagar ou a palestra que iria dar no final do dia, ele perdeu a chance de estar sentado no banco, perto do lago, aonde a garota mais linda da cidade iria se sentar também, os dois iam conversar sobre o tempo, e o resultado disso seria um matrimonio feliz, uma vida inteira com uma mulher que o amasse, filhos e netos. Mas ele nunca soube disso.

Ali, sentado durante dois dias, ele estava preocupado com todas as obrigações que tinha por fazer, com os problemas de família e com a merda de vida que estava levando. Tudo o que ele tinha eram contas, um trabalho ruim e o Sr. Black, aquele gato gordo e mimado de um temperamento pior que o dono.

Não foram poucas as vezes que eu tentei fazer algo por esse imbecil. E em todas elas, nada aconteceu. Mesmo depois de tantas tentativas, e de tantas decepções, eu continuo fazendo o meu papel, mas parece que Greg é daqueles que demora uma vida toda pra aprender que a vida deve ser vivida.

Você deve estar se perguntando: mas quem diabos é esse cara que está falando isso? Mas essa não é uma resposta difícil de responder. Eu sou aquele a quem Greg pede todas as noites por ajuda, sou a sorte que os outros desejam a ele, o anjo que sua mãe reza todas as noites para que o proteja e o faça crescer e ser alguém mais feliz. Eu sou aquele a quem Greg tem ignorado todos esses anos, após tantos pedidos e tantas desfeitas.

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s