Ressentir

E quando o medo bate? Mas não qualquer medo, é aquele medo do medo de não conseguir fazer todas as coisas que se tem vontade? Sabe aquele sentimento, aquelas horas que você fica pensando, será que eu vou fazer isso ou aquilo? E se for tarde demais? E se não houver tempo? E os arrependimentos?

É um medo estranho de ficar com todos os sonhos guardados com poeira acumulada, de não conhecer os sabores gastronômicos do mundo.

A vontade intensa de degustar sabores, sensações, arrepios. Viver cada dia com suas próprias preocupações e sentimentos. Mas esse medo da inércia, do paralisado, do aconchegante, assusta. De não conseguir os bilhetes de trem para a felicidade, de deixar tudo passional, calmo. Da escassez de endorfinas.

Não corte suas próprias asas, encurtando os longos caminhos.

Índice

Repetir várias vezes o prefácio do mesmo livro, por anos e anos, eu não quero, mesmo com medo do desconhecido não é possível continuar aqui, é necessário florescer o próprio destino.

Com todas as transições do mundo e saber que nada mais é permanente, tudo é mutável. Com nossas próprias mudanças internas, não há como permanecer o mesmo, não tem como. É sair da escuridão da caverna, como redigiu Platão, aprender com todas as experiências necessárias por mais que não seja confortável. Não seja estático.

Sinta o ar que entre e sai das narinas, pulsando a respiração, embalando o corpo em ritmos diferentes. Viver cada momento. Já não se culpe pelas coisas erradas, tudo bem, não vale viver de arrependimentos.

São segundos de riscos que corremos, talvez seja melhor assim ou não aconteça da forma que se espera, mas é necessário ser mutável, se abrir para si e aventurar-se em nós mesmos, viajando para cantos desconhecidos.

Quando as emoções fogem de todos os princípios que a razão conhece, se reconhece sentimentos desconhecidos. Mude quando for preciso, inúmeras e incontáveis vezes, não faça de suas verdades as únicas, se arrisque!

“As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem.”*

Chico Buarque

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s