Apresento-lhes a minha pior inimiga

Insegurança

“Bom dia!!” ela grita animada. Eu abro um sorriso e respondo animada “Bom dia!!”. Ela percebe que estou feliz. Então decide me confrontar antes mesmo de eu abrir meus olhos por completo e levantar da cama para mais um dia. “Por que a animação? Nenhum problema hoje?” Digo então que acordei leve e tranquila, e confiante para fazer do meu dia mais feliz. Ela então me lembra “Cuidado, felicidade e despreocupações te tornará um alvo fácil para enganações”. Decido então mudar o rumo da conversa.

Conto a ela que não tenho com o que me preocupar, que tudo vai bem e que sou a responsável por manter longe todos os pensamentos ruins. Ela me lembra então que não posso ser despreocupada, caso contrário, serei passada para trás. “Pessoas que não desconfiam tendem a ser iludidas e enganadas com mais facilidade, fique esperta”. Fique esperta.

Logo então, percebo que já fui completamente dominada e manipulada por ela. Não posso viver tranquila e despreocupada. Tenho que estar sempre atenta, sempre pronta para algo ruim que possa acontecer. Então decido perguntar a ela sobre o que devo me preocupar: “Por que você quer que eu tenha medo?”. E ela responde: “O medo nos torna mais espertos. Não acredite 100% em ninguém, se isso acontecer você será enganada. Pessoas adoram mentir e iludir pessoas muito confiantes. Você precisa ter medo”.

Antes mesmo de levantar da cama eu já não estou mais sorrindo. Minha mente é inundada por pensamentos e questionamentos sobre tudo ao meu redor. Será que estou sendo enganada? Será que sou iludida? Será que a minha felicidade incomoda? Será que devo desconfiar até mesmo de minha sombra? Será que…

Ela adora me dominar. Adora fazer a minha cabeça e me deixar sempre atenta. Atenta ao que? Isso nunca sei, mas o medo deve ser constante. Ela não gosta de me ver feliz. Ela me diz que felicidade é algo perigoso. Ela me diz para não confiar em ninguém. Por que tudo isso? Resolvi questioná-la, e perguntei o que isso traria de bom pra mim. “O que acontece se eu vivo com medo? Se eu deixo de confiar?”.

Solidão

As únicas respostas me levam sempre para baixo. Não há um motivo concreto sobre, seu único objetivo é me ver deprimida. Ela não é uma amiga. Minha mente é fraca. Sou completamente manipulada por todas as suas ameaças. Seu objetivo é criar situações inexistentes em minha cabeça. É transformar situações simples do dia-dia em uma dramática novela mexicana.

Traições, mentiras, fofocas, julgamentos. Ela me diz todos os dias que devo viver em função disso. No mundo dela, não existem pessoas de bem. Não existem boas intenções. Não existe amor ao próximo. No mundo dela, só existe o mal.

Todas as manhãs ela tenta me provar do mesmo. Algumas manhãs eu estou mais forte, e chuto ela para longe. Algumas manhãs eu me vejo completamente aberta a escutá-la e fazer tudo o que me é aconselhado. Ela não se importa de me ver triste, ela só quer que eu me afaste de todos. Será que ela é carente? Será que ela não consegue sair de perto de mim? Ela não me quer com mais ninguém, e por isso faz de tudo para que eu me afaste de tudo, e todos.

Ela me domina. Ela precisa ir embora. Eu farei ela ir embora. Ela é persistente. Eu preciso ser mais persistente ainda.

Hoje eu acordei com ela tentando me dominar, e então resolvi dizer que hoje não seria seu dia. Hoje seria o meu dia. E então abri os olhos, e ela havia sumido. À noite, ao deitar na cama e fechar meus olhos para dormir, ela voltará. E então teremos uma conversa séria.

Apresento-lhes a minha pior inimiga. Apresento-lhes ela: A insegurança.

 

Anúncios

4 comentários em “Apresento-lhes a minha pior inimiga

  1. Parabéns pelo texto, conseguiu expressar em palavras, um sentimento muito comum a todos os seres humanos. Mas será que o nome é mesmo insegurança? Essa “necessidade de se sentir segura”, é uma das faces de algo simples, antigo e primordial a vida humana. MEDO, puro e simples, que se apresenta em várias formas, tamanhos e nomes, mas não deixa de ser medo. Principalmente o medo do desconhecido, pq quando vc se acostuma, cria o hábito, de se sentir insegura, infeliz, ansiosa, ou qq outra coisa que se manifeste diariamente, SER algo diferente, desconhecido do dia a dia, dá medo, muito medo. Nos capítulos ANSIEDADE, MEDO E PROCRASTINAÇÃO, do meu livro Jardim de Realizações (que pode ser lido gratuitamente online em http://www.jardimderealizacoes.com.br) eu falo sobre esses medos disfarçados. ” …Mesmo que esteja infeliz na situação em que se encontra, você pode ter se convencido de que ir atrás do que deseja é mais difícil e doloroso do que continuar onde está. Você pode se sentir miserável, mas no fundo está confortável. Está em território conhecido.” E mais, se a mudança lhe causa ansiedade, saiba que: “Ansiedade é uma pequena corrente de medo fluindo pela mente. Se encorajada, ela abre um canal por onde todos os outros pensamentos são drenados.
    Arthur Somers Roche”.

      1. Raisa, ai é que está a “pegadinha”, você não sente medo porque é insegura, você é insegura porque deixa o medo fazer você acreditar nisso. No texto você relata: …”Por que você quer que eu tenha medo?”. E ela responde: “O medo nos torna mais espertos. Não acredite 100% em ninguém, se isso acontecer você será enganada. Pessoas adoram mentir e iludir pessoas muito confiantes. Você precisa ter medo”… ” Meu conselho. Pare de “dar poder” ao medo, de perguntar a ele o que deve fazer, e exerça o SEU poder de decidir o que é melhor pra você. Com o treino o medo vai voltar para o seu devido lugar, que é alertar, e não impedir você de viver. Leia o meu livro, é gratuito e acho que vai te ajudar, principalmente o capítulo MEDO. Abs

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s