Namore Alguém…

Por: Fernanda Campos

Namore alguém que te faça feliz. Qualquer outra estipulação, seja sua seja das pessoas ao seu redor , é pura balela. Namore alguém que te deixe leve, independente do peso que seu mundo tem. Independente das lágrimas que você derrama. Independente dos problemas gigantes que precisa resolver. Namore alguém que colora o seu mundo, que pinte seu arco-íris, que te faça ir dormir com um sorriso no rosto e acordar com o semblante de quem vive num paraíso. Namore alguém que tenha como os braços e abraços o seu melhor lugar para estar.

Que te mova para frente, que te empurre em direção aos seus sonhos, que te faça sair do centro do seu mundo para conhecer um mundo novo. Alguém que conheça suas limitações, mas não se sinta presa a elas, que te solte delas e te faça se superar sempre. Que esteja ali quando você cair, mas que principalmente seja capaz de te esperar quando você conquistar. Alguém que te apresente músicas novas, por pior que elas sejam; que te indique livros de gêneros que você não lia antes; filmes que você não tinha paciência, cultura em geral que você não conhecia. Alguém que entenda que você pode não gostar de tudo isso que lhe for apresentado, mas nem por isso se sinta intimidado a compartilhar com você as coisas que ele tem de melhor em seu mundo.
Encontre alguém que queira te encontrar também. Que abra mão de algumas coisas pra te ter na sua vida, mas que também lute por coisas que quer de verdade. Alguém que lute por você, por mais que você entregue a batalha. Que seque suas lágrimas sim, mas que esteja mais preocupado em te devolver os sorrisos. Alguém que consiga te arrancar sorrisos novos, pelas coisas mais bobas, pelas coisas ridículas, pelas coisas sérias e por nenhuma coisa. Alguém que te arranque um sorriso só dele ao te olhar de um jeito só dele. Encontre alguém que não queira mais procurar outra coisa porque sabe que tem você. Que descanse o ombro em seu ombro, que deite em seu colo e observe a lua, que conte as estrelas e te dê de presente. Alguém que pare o seu mundo por alguns instantes, que o faça rodar ao contrário, que te deixe sem equilíbrio só pra poder te segurar se cair. Alguém que esteja aí, ao seu lado, mesmo estando há muitos quilômetros de distância. Que valorize suas qualidades, que estoure um champanhe para cada sua conquista, mas que não seja duro com você em cada derrota.
Alguém que cuide do seu coração como se cuidasse do dele, que te espere em casa e que te leve pelos caminhos. Que enfrente seus espinhos, que regue a flor, mas não a colha, deixe na janela pra nunca morrer. Namore alguém que não queira te transformar em outra pessoa, mas não te deixe ser a mesma para sempre. Que aceite as diferenças de vocês. E que saiba que a união de duas pessoas não as torna uma só, mas que pode, lá na frente, se transformar em três. Alguém que te inclua no futuro, mas faça do presente a principal morada. Que não queira ser imortal ou eterno, mas que faça cada momento juntos uma eternidade de bons momentos sem se preocupar se o para sempre de vocês vai realmente acontecer.
Namore alguém que te faça um gesto, que te faça perto, que te dê a lua e te faça adormecer –que nem aquela música do O Teatro Mágico –Ou que te enlouqueça e se deixe enlouquecer. Alguém que não procure explicações para entender porque se encontraram e sim que entenda que as melhores coisas da vida não têm respostas. Namore alguém que, ainda que não seja o que as outras pessoas querem, seja o que você quer. Alguém que apesar de tudo ou de todos te faça o mais importante: te faça feliz. Porque amor bom, amor gostoso e amor inesquecível é aquele que te leva pras nuvens e te faz encontrar o que todos buscam a vida inteira: a felicidade.

 

image

 

 


Fernanda Campos tem 22 anos de (des)amores colecionados num coração de menina sempre capaz de acreditar outra e outra vez. Psicóloga em formação, escritora de horas vagas e apaixonada – pela vida, pelas pessoas, por sorrisos tortos, por histórias e, quiça, por você – em tempo integral. Dessas pessoas bobas que acredita que toda dor do mundo pode ser curada com um abraço apertado, uma música boa, um crepúsculo alaranjado, um café forte e alguns textos. Uma vírgula não colocada e uma metáfora sem sentido – ou vice-versa, como você entender.

Anúncios

Um comentário em “Namore Alguém…

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s