Ego, superego

Dia desses em um salão de beleza, todas as clientes pararam para ouvir um monólogo deprimente sobre baixa auto-estima. (Essa palavra existe, embora pareça estranha)

Uma mulher, por volta dos 50 anos, estatura baixa e cabelos castanhos curtos falava alto sobre sua gordura, a falta de cintura, as celulites, suas roupas que já não serviam, seu corte de cabelo horrível, a tintura inadequada, e de maneira geral, a falta de amor próprio.

Se eu fosse uma psicóloga, certamente iria sugerir uma terapia, já que a estrutura emocional dela estava contaminando todas as pessoas a seu redor, e principalmente, a ela mesma. Mas como sou a Thays [Vida Loka], olhei pra ela e disse: Faça um book sensual. E me arrependi no ato.

Ela me respondeu com grosseria e afirmou: “Não fico nua nem na frente do meu marido, quem dirá de um fotógrafo”. Calei minha boca neste exato momento e torci para que meu cabelo ficasse pronto logo e eu fosse embora dali. A onda de pessimismo e negatividade realmente me atingiu.

Quanto à mulher – que não era feia e nem gorda – torço para que ela recupere a vaidade e o amor próprio, e quanto a vocês leitoras, lá vai o conselho: Façam um book sensual.

10726365_821023617949445_1718601367_n

Não importa se você é gorda ou magra, alta ou baixa, se tem celulite ou estria, ou se não tem nada disso. Faça algo por você. Se dê um presente, mesmo que não exista uma data especial.

Posso garantir que no dia seguinte uma nova mulher nascerá. Com muito mais vaidade, estilo e orgulho próprio. Um book sensual não faz apenas você se sentir a mulher mais gostosa do mundo. Ele faz você ser a mulher mais gostosa do mundo!

DSC_9408

O reforço na auto-estima gera mais respeito por você mesma, mais valorização e auto-confiança.

Um exemplo muito simples são as atitudes, que começam a mudar. Você não aceita mais ser tratada como “qualquer uma”, seja na vida pessoal ou profissional. Em um relacionamento, você não vai mais abaixar a cabeça ou aceitar tudo de boca fechada.

E não pense que ser sensual é ser vulgar. Ser sensual é ser linda! É exalar felicidade! É se surpreender a cada dia!

Acreditem meninas, mulheres: Uma fotografia faz milagres!

Anúncios

3 comentários em “Ego, superego

  1. Na atual ditadura da magreza em que vivemos, se permitir ser sensual exibindo exatamente como vc é de verdade é libertador!!! Libertador pois deixamos de lado estigmas, padrões ideais, irreais e utópicos, passamos a nos ver como seres únicos e ímpares que somos, respeitamos nossos limites e valorizamos e MUITO as qualidades (pq vamos combinar, todas temos as nossas). Despir-se em um ensaio não significa necessariamente ficar nua, representa tirar os preconceitos, vergonhas, inibições e olhar pra si mesma como quem diz: sou linda por ser eu mesma! Sou feliz sendo essa pessoa incrivelmente imperfeita e LINDA! Fiz um ensaio sensual a cada vez que vejo penso: Ah se toda mulher soubesse a diva que mora em si…. =D

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s