Aquela pessoa

Por mais que o tempo passe, as estações mudem e a distância deixe saudade, por mais que tenha aquele vai-e-vem de velhas e novas pessoas e que a gente mude, sempre vai haver “aquela pessoa”. Entende quando eu digo AQUELA?

Aquela pessoa é quem te faz doer a saudade naquele momento de solidão, é quem vem à memória quando fecha os olhos ou quando você inesperadamente encontra algo que lembre um momento, uma história. É a pessoa que você desejaria ver o mais rápido possível, caso pudesse prever que logo você não estaria mais por aqui…

Capturar

 

Aquela pessoa é quem faz seu coração bater mais forte quando toca aquela música que foi só de vocês, mesmo que por alguns instantes. É quem você não entende como nem porque não deram certo. Ou até entende, mas se pudesse ter escrito de outra forma, talvez tivesse tomado um outro rumo.

Não importa por quanto tempo tenham ficado juntos… às vezes aquela pessoa pode ser alguém que ficou por anos na sua vida. Às vezes bastou um dia, uma semana, um mês. É uma coisa que não dá pra explicar muito bem como acontece, porque significa muito mais do que as palavras podem dizer. Uma conexão intensa, uma coisa de pele – quase dá choque! – , uma coisa de cheiro, de sentir, de olhar no fundo dos olhos e parecer que vocês estão ali um para o outro desde sempre.

E isso muitas vezes te tira o sono. Te faz ficar imaginando “e se?”, “por quê não?” “quando será?”. Pode parecer simples resolver isso, basta pegar o telefone e ligar, e ir atrás, e bater na porta em pleno domingo a tarde e dizer: “-Oi, eu voltei!”. Mas quando se tem aquela pessoa, sabe-se que as coisas na prática não funcionam tão bem assim.

Capturar

Resta o tempo, a paciência, o ver como as coisas acontecem e onde o destino te leva. O problema em ter aquela pessoa, é que nada é certo… a não ser a esperança, de estar ali de novo um para outro. De sentir novamente a pele queimando, o coração saindo pela boca, as pernas tremendo e as várias borboletas fazendo festa no estômago…

Aquela pessoa talvez demore a voltar ou talvez nem volte. Não dá para saber e também não dá para esquecer. Resta apenas guardá-la no coração e na memória para que, quem sabe um dia a gente encontre a oportunidade e a felicidade de estar juntos novamente como se nunca tivessem se separado.

E se isso não acontecer, ainda assim ela será “aquela pessoa”. A minha pessoa.

Anúncios

Um comentário em “Aquela pessoa

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s