Silenciar…

Mais uma vez eu via você indo embora, me dando as costas, me deixando ali sozinha… Mesmo depois de prometer que quando tivesse algo errado não iria, que ficaria, tentaria conversar e entender o que houve.

tumblr_lvqs08fyuU1qj35bro1_500

Mas não, me deixou ali, vendo-o ir embora, me dando as costas quando tudo o que mais precisava era um abraço apertado, daqueles que indicam que tudo ficará bem. Plantada fiquei, cheia de dúvidas sem nenhuma resposta, apenas com aquele aperto no peito… Daquele que rasga, destrói tudo, faz sangrar, querer gritar “não vá” … Porém o que fica é o choro contido, trancado dentro da alma, me calando, me sufocando.

A mente desinquieta pensando em tudo o que tinha vontade de dizer, mas que não falei. Imaginando hipóteses, de que você irá aparecer, ligar, surgir, enviar um whats… Mas a certeza é que ficará esse silêncio que me consome, que me tira a paciência, que causa insegurança e que mata aos poucos.

A única certeza que martela aqui dentro é que “ele não se importa”, se importasse não me deixaria mais uma vez da mesma forma. Teria me puxado pra perto e falado que eu não sou um pé no saco, não sempre, que não está cansado dessa nossa rotina chata, que o amor não é possuir alguém, que é compartilhar a vida e compreender que é necessário ser altruísta.

Será que você sabe o que é isso? Ser altruísta, não pensar somente no que você deseja, mas no que o outro deseja? Será que compreende o quanto é importante ceder um pouco, deixar que o outro assuma o controle às vezes? Que nem tudo é como você quer? Na maior parte do tempo acredito que as respostas destas questões são sempre não.

tumblr_neqamgxRUQ1stz07ro1_500

Não, não, não… Você não iria ficar, não iria tentar entender, não ouviria, não me abraçaria, me acalmaria, não me faria entender que tudo ficará bem, não me daria forças para arriscar, não me deixaria chorar quando preciso, nem falar, nem dançar, nem andar, nem respirar… Nem qualquer outra coisa do tipo que fosse fora do que você acredita ser verdade, assim como me deixar olhar você partir enquanto meu coração se parte em milhões de pedaços novamente.

É pelo jeito será sempre assim, promessas quebradas, corações destruídos e o silêncio que fica ao redor enquanto você se vai e eu fico ali, sozinha pensando num turbilhão de chances e coisas… Talvez por isso eu prefira dizer que estou cansada, me calar, quando no fundo algo realmente me corroí.

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s