Ohana

Será justo deixar que uma comissão de figurões, tão distantes da realidade de tantos brasileiros, possa definir o que é FAMÍLIA? Parece até uma piada, que atualmente uma comissão de deputados decidiu que a partir daquele momento só poderia ser considerada uma família formada por um homem e uma mulher e seus filhos biológicos. Você consegue entender que por essa definição a maioria das famílias não são consideradas assim? Uma mãe solteira e seus filhos, um pai solteiro e seus filhos, um homem e uma mulher com filhos adotivos, uma tia que criou os sobrinhos, dois homens e seus filhos sejam biológicos ou não, duas mulheres e seus filhos- biológicos ou não, esse e outros tantos exemplos são definidos como não família. Acho difícil encontrar hoje uma família próxima de qualquer um que não seja formada por um desses exemplos ditos anteriormente.

Essa decisão da Câmara ainda vai passar por mais umas etapas, mas se a PL 6583-13 for aprovada e sancionada pela presidente Dilma haverá um dos maiores retrocessos da história desse país. Afinal o Supremo Tribunal já reconheceu a união homoafetiva, ou seja, um casal do mesmo sexo pode casar-se e constituir um lar, isso implica em ter filhos, se assim for a vontade do casal. Mas com esse projeto de lei aprovado seria como se STJ não tivesse reconhecido esta união. Não haverá direitos iguais como se deveria ter. Ainda dentro desta PL , segundo o Art. 10 – “Os currículos do ensino fundamental e médio devem ter em sua base nacional comum, como componente curricular obrigatório, a disciplina “Educação para família”, a ser especificada, em cada sistema de ensino e estabelecimento escolar, de acordo com as características regionais e locais da sociedade, da cultura, da economia e da clientela.”. Traduzindo: as escolas serão obrigadas a ter uma matéria de “Educação Familiar” na qual deverá ser passado os moldes do que é uma verdadeira família. Isso seria ou não ensinar as nossas crianças a discriminar e ter preconceito com aqueles que não se encaixam nessa forma?!

ohana-quer-dizer

Engraçado que na mesma semana dessa primeira aprovação, um vídeo com uma garotinha  de 6 dando uma bronca na mãe  e lhe ensinando sobre amor viralizou. No vídeo a pequena Tiana explica que não gosta de ver sua mãe e seu pai brigando quando ele vai visitar a garota. Ela ainda diz que as pessoas precisam ser mais humanas, nas palavras dela “pessoas precisam ser apenas pessoas”. E se você leitor, voltar a sua infância vai lembrar de outra garotinha que nos deu uma tremenda lição. Lembra da Lilo de Lilo & Stitch,  como uma criança em um desenho animado definiu família melhor do que nossos deputados? Será que é complicado para eles olharem o próximo e compreender a dor que carregam? Ao ler notícias sobre esse assunto e acabar sabendo de outros que saem por ai disseminando o ódio, o preconceito… mostrando que o diferente é errado, sinto como se aqueles que lutam por igualdade estivessem nadando e fossem morrer na praia.

Eu como ser humana, como irmã, filha, mãe e mulher só desejo que aqueles que amo sejam felizes… Isso não depende de mim, mas quero que encontrem a felicidade e a paz. Sem me importar se será ao lado de um semelhante ou de uma árvore. Escutei uma frase bem interessante ao assistir um episódio da série/documentário “Amores Livres” da GNT- “O Amor não é uma algema, ele possui asas, e pousa onde deve pousar”. Sendo assim o amor é múltiplo, diverso, leve… O amor é igualdade, respeito e liberdade. E é isso que essa serie em forma de documentário quer mostrar.

O Poliamor está ai para nos provar que o amor é amplo de mais para ser definido em uma lei. E o diferente só vai incomodar aqueles que não o conhecem, não se identificam. Por isso antes de criticar ou achar errado, tente de verdade conhecer o próximo. Não soou a melhor pessoa pra falar sobre isso, mas esses dois ensinamentos religiosos me ajudaram a mudar minha forma de ver os que estão perto de mim: “Ama teu próximo como a si mesmo” e “Amai-vos um aos outros”. No final tudo não passa de amor, por isso ame, ame muito e não tenha medo de mostrar esse amor.

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s