O Não

Muitas vezes já escutei pessoas dizendo que tinham dificuldades para dizer não e por esse motivo sempre estavam cheias de coisas para fazer, exaustas, não gostavam da forma como estavam agindo. E ainda relatavam que após começar a dizer não quando realmente não queriam fazer algo a vida passou a ficar mais leve e acabaram se reencontrando. Muitos famosos inclusive já deram relatos sobre o poder de dizer não, Lady Gaga não ficou de fora, inclusive nesse vídeo conta como não rejeitar alguns projetos a fazia se sentir vazia e isso afetava diretamente seu problema com ansiedade e com a depressão.

Eu nunca tinha percebido, mas eu também tinha dificuldades em dizer não e hoje tenho quase certeza que estou no meio desse furacão por ter dificuldades em parar um minuto, pensar direito na situação e dai dar uma resposta. E quando resolvo dizer não é de uma hora para outra, é eu sou meio 8 ou 80, parece que não existe um meio termo na minha vida. Mas enfim, percebi acima de tudo que muitas vezes estou tão desesperada procurando uma solução para algum problema que acabo não ponderando os pontos negativos e positivos e o resultado é uma completa catástrofe.

Não é segredo para ninguém que estou procurando trabalho (afinal cuidar do Ninho é um hobby que não paga minhas contas) e quando surgiu uma primeira oportunidade, depois de meses a fio a busca sem resposta positiva, resolvi aceitar. Adorei o trabalho, através dele conhecia pessoas diferentes todos os dias e de todos os cantos do mundo. Eram tantas histórias bacanas que me peguei pensando em levar um termo de autorização pro trabalho pra poder contar algumas aqui para vocês. Outro ponto extremamente positivo era o fato de ser forçada a colocar o inglês em prática. Meu inglês é péssimo e super enferrujado, mas em 8 dias ele tava destravando e eu já perdia o medo de me comunicar, tanto de perguntar quando responder. Muitas vezes me arrisquei a dizer frases mais longas a fim de conversar com os gringos que passavam pelo meu trabalho (valeu mozi pelas aulas extras em casa).

no

O problema era o horário, eu tinha que entrar as 16h e sair as 00h, só que o ônibus para casa saia as 23h15. O Mozi passou a me buscar no trabalho todos os dias, foi então que minha vida virou uma bagunça. Todo aquele trabalho de meses para colocar uma rotina na Serena (minha babydino  filha de 2 anos) caiu por terra. Nessa semana ela ficou toda confusa, pois tinha dias que ia para casa da avó paterna durante a tarde, a noite para minha mãe e depois eu ia buscar ela depois das 00h30, teve dias que ela dormiu, outros ela esperava eu chegar, e na maioria deles acordava de madrugada querendo brincar comigo. Sem falar dos dias que ela ficava com o Mozi e dormia no carro. Já não tinha mair hora pra dormir, comer, tomar banho e muito menos aquelas horinhas para brincar com a mamãe dela.

Com o jeitinho dela, acordando de madrugada para brincar comigo, dizendo que não queria a vovó, vovô e Rapha, que queria a mamãe… Me agarrando toda vez que ia colocar ela na cama e acordando toda vez que saia do lado dela, fui percebendo que os lados positivos do trabalho em nada se comparariam com os sacrifícios que não só eu, mas ela e a família toda estavam fazendo para que eu trabalhasse. Meu coração de mãe falou mais alto e não pensei nem duas vezes, avisei no trabalho que não poderia ir mais. Coloquei para eles que se precisassem de extras, ou que alguém fosse treinado para ocupar meu lugar eu faria, sem problema nenhum. Porém não poderia continuar. Aprendi aqui o valor de dizer não e a pensar muito antes de se jogar na primeira oportunidade que aparecer. Em poucos dias vi como não analisar a situação me deixou ansiosa e também em como isso afetou meu humor e minha vida.

não

Tenho consciência que é uma coisa difícil de se fazer, mas necessária. Por isso se algo não está de encontro com aquilo que você projeta para sua vida, não tenha medo de dizer NÃO. O fato de negar a usar essa palavra com medo de perder uma oportunidade, ou de achar que vai magoar alguém pode ser muito mais prejudicial a você mesmo.

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s