Quem conhece o céu?

Era tarde da noite e Selina estava encostada no balcão do bar, bebendo algo para “adoçar” a vida. Quieta em seu canto nem percebeu que Gabriel chegou e sentou ao seu lado. Logo ele fez um cafuné em sua cabeça e a puxou para perto. Ela olhou querendo gritar e brigar com aquele que a tirou de seu “momento”, mas ao ver seu amigo apenas sorriu e então falou:

-Que bom que é você e não outro idiota…

– É ótimo saber que me ama e que ainda continua tão doce Cara de Lua!

hj

Selina sorriu e abraçou o amigo. Os dois continuaram ali por um tempo, apenas sorrindo um para o outro em silêncio e bebendo suas doces bebidas. Chegou um momento em que a garota ia saindo e seu amigo a segurou pelo braço:

-Não parece estar feliz…

-Sou obrigada a sorrir sempre?

-Desculpe-me madame, só gostaria de poder ter a sorte de ver uma das maravilhas desse mundo.

-Só não ando muito habilitada com essas máscaras que a sociedade insiste em colocar nas faces de todo ser humano.

-Estas revoltada mesmo minha pequena.

-Cansada de ser uma eterna romântica e de querer mudar o mundo Bi, só isso…

-Me dê uma chance de mudar o seu mundo, de lhe mostrar que o romance não está perdido e nem a humanidade.

-Sabe que somos amigos, apenas bons e adoráveis amigos.

-Por que insiste em negar…

-Negar mais um erro? Nós dois sabemos que sempre seremos ótimos amigos e que se misturarmos qualquer sentimento além desse, haverá complicações e nenhum dos dois sairá ileso.

-E se eu quiser me queimar?

– Se queimar?

-Funcionamos bem como amigos, mas também somos ótimos juntos de outras formas… O que me diz de uma amizade colorida, daquelas que servem apenas pra quando estamos carentes e precisando de um carinho a mais….

-Podemos nos magoar ainda mais, não sei se teria coragem de arriscar isso contigo. Prefiro lhe ter ao meu lado como amigo, do que lhe perder por uma tolice…

Gabriel não esperou nem mais um segundo, puxou Selina pelo braço para mais perto, olhou fundo em seus olhos e lhe deu um beijo. Era como se tivessem encontrado o caminho do céu, mas o que não esperavam é que na verdade estavam mais perto ainda do inferno.

 

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s