Mulheres unidas pela própria segurança

É algo bem triste de ser falado, ainda mais quando se repete tantas e tantas vezes. Esses dias me deparei no facebook com um vídeo de uma amiga, ela e outra menina relatavam o medo que sentiam ao ir para casa durante a noite. Elas resolveram gravar porque, como falavam no vídeo passaram diversas vezes por situações assim. Para se ter ideia, até na roupa que é melhor pra correr elas pensam antes de se arrumar pra dar um rolé. O jeito melhor pra bolsa ficar, caso seja necessário fugir. Ou então melhor a gente ir “largadonas” porque como temos cabelo curtinho podem nos confundir com “homens/manos”.

Será que ninguém percebe o quanto isso é absurdo? Será que para as pessoas perceberem o que acontece em volta vão ter que passar por situações assim? O pior de tudo nesse caso do vídeo foi ver quantas outras mulheres curtiram o vídeo e começaram a relatar situações parecidas. Como elas mesmas falam, muitas vezes não é preciso nem ser noite para que o assedio aconteça. Pode ser no sol das 12h, em pleno centro da cidade. O assedio a mulher está presente em todos os lugares e a todo momento.

fiufiu1

Me pergunto o que se passa na cabeça do ser quando ele resolve gritar “gostosa” pra moça que tá passando pela rua. Ou então daquele que resolve encurralar a menina enquanto ela está trabalhando. Será que eles realmente acreditam que essas atitudes vão fazer a mina querer ficar com ele?! Porque com toda certeza do mundo qualquer mulher vai ficar louca pelo cara que passa a mão na bunda ou a chama de “delícia” no meio da rua. É obvio que queremos dar pra esse sujeito! (SQN)

As mulheres são obrigadas muitas vezes a ficarem caladas enquanto essas coisas acontecem, porque além de assediar vai que o cara resolve partir pra cima não é mesmo?! Ou então buscam aulas de defesa pessoal, andam com soco inglês na bolsa, spray de pimenta, até mesmo um facão no balcão do hostel… Tudo isso para apenas se defender.

tumblr_mbqu10P2ow1qfprd1o1_1280

Como disse no comentário do vídeo eu realmente espero que daqui para frente as pessoas percebam o quanto isso é errado, e se juntem para mudar esta situação. E que cada vez mais as mulheres percam o medo/vergonha de relatar situações assim, pois acredito que quando alguém vê o quanto isso acontece com frequência ou com alguém próximo, tipo a realidade nua e crua sendo esfregada na cara, a pessoa acorde e perceba o que precisa ser modificado. É no final talvez a sociedade seja assim, muda bem lentamente, de passos em passos vamos mudar o rumo dessas histórias. Afinal, se não der tempo de pelo menos as mais velhas andarem na rua tranquilas, que as próximas gerações não tenham medo de sair de casa.

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s