From the other side

Você pode ler ouvindo: Hello-Adele

Posso não ter ferido seu coração, mas com toda certeza você partiu o meu. Sinto muito por isso, por ter deixado você ir longe de mais, deixado que brincasse com meus sentimentos. As consequências de ter vivido ao seu lado me perseguem até hoje. Isso é visível toda vez que seguro o que sinto, que não me deixo levar por uma paixão. Toda vez que o medo me envolve percebo que as cicatrizes de nossa história ainda estão aqui, fechadas, porém sensíveis a ponto de abrir profundamente os buracos deixados.

Quando não consigo expor meus sentimentos, quando quero falar e silencio minha voz interna é porquê um dia disse que te amava e fui iludida por suas falsas promessas, você mais do que ninguém sabe como o medo destrói. Será que você em algum dia se arrependeu de ter me ferido desta forma? Ou fui apenas mais uma que passou pela sua vida sem deixar marca nenhuma? Lembra o quanto eu era espontânea, divertida e feliz? Quando me olho no espelho não vejo nada do que já fui, muitas vezes me sinto como um vampiro de sentimentos. Ou seja, aquele alguém que suga todo o sentimento alheio, sem lhe dar nada em troca. Apenas se alimenta do amor do outro e quando já está satisfeito apenas vai embora.

tumblr_m9hnqi78iy1ryquhqo1_500

Talvez hoje eu seja apenas um frio soldado preso do outro lado, ocupando um lugar que um dia foi seu. Será que me tornei aquela que não se entrega por inteiro?  Que deseja que o outro se conforme com o pouco do que dou… É está estranho e vazio estar nessa posição, não vou negar, na maior parte do tempo eu quero me doar por inteira, quero ser completamente de alguém. Quero amar, me arriscar, viver, ser feliz. Mas a impressão que tenho é como se algo me segurasse, me prendesse e simplesmente não pudesse ser apenas eu ao lado de alguém. Gostaria de voltar a quem era antes de ter te conhecido, ser aquela menina cheia de vida, esperança e sonhos. De olhar a pessoa que está ao meu lado e pensar sentir o maior amor do mundo. Andar de mãos dadas, abraçar, beijar como se cada momento fosse único.

Ouvi diversas vezes que o tempo deveria curar tudo, mas por enquanto eu não me curei. E se você acha que isso não me afeta mais, ou não me importa, está completamente errado. Porém, aqui dentro eu sinto que já não tenho mais tanto tempo e a inquietação me mostra que existe uma diferença entre nós. Eu aprendi a ser fria, a controlar os sentimentos, mas tenho a certeza que um dia eu poderei ser livre novamente, como era quando mais jovem. Meu coração quando estiver pronto irá confiar em alguém novamente, e poderei amar e entregar-me a quem estiver ao meu lado. Já você velho amigo, nunca mudará… são anos e mais anos preso nesse abismo, focando e falando apenas em você mesmo. A sua falta de coragem e liberdade não é um segredo para ninguém, no entanto, mesmo depois de todo mal que me fez eu ainda lhe desejo a felicidade de um dia amar sem medo.

Anúncios

3 comentários em “From the other side

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s