O Tempo parou

Essa noite sonhei com você e com tudo aquilo que queria viver ao seu lado. Foi um sonho tão bom pena que no final você entrava em um ônibus e ia embora. Dessa vez não foi a vida que imitou o sonho, foi o sonho que imitou a vida. Apenas o final era diferente, eu corria atrás do ônibus e pedia por favor para você não ir. É na vida real eu também queria fazer isso naquele domingo, mas entendia o quanto esta nova oportunidade era importante para você e consequentemente para nós. O que faz bem pra ti, sempre me fará bem, assim como a sua felicidade representa a minha.


Mas seria hipocrisia minha se não admitisse que não queria que você fosse, que meu desejo era continuar acordando e dormindo ao seu lado todos os dias. Sem nunca ter que passar um dia se quer separados. Já te falei isso muitas vezes, aprendi a viver com nossa maneira de amar. Entre uma discussão boba e outra, entre beijos, tapinhas, cocegas e risadas… Entre gritos e segredos. Eramos tão nós mesmos presos na nossa vidinha, deitados na cama no final do dia assistindo um/vários episódios no Netflix.

tumblr_noda0wUAwV1s2y6zfo1_128011
Vou te falar o que?! Que esse sonho foi como um tapa na cara. E a saudade que estava grudada no peito apertou ainda mais forte quando olhei para o lado e não te vi ali. Confesso que voltei a ficar um pouco mais ansiosa para estar ao seu lado, nem que seja por um dia, mas que eu possa te abraçar, sentir seu cheiro e deitar para dormir em seu peito. É meu amor me viciei na gente. E a vida aqui sem você vai de mal a pior, pois me sinto só. Como um peixe “betta” fora d’água, sem conseguir respirar.

Acho que se continuar assim vou querer apenas dormir, para sempre estar ao seu lado, matando em sonho a saudade que bate aqui. É realmente complicado viver com a saudade do lado, lembrando de tudo o que fomos e ainda vamos ser. Ai meu amor, não me prometa que esse tempo vai passar rápido, porque ele não vai. Cada dia passa lentamente. A impressão que tenho é que o calendário não anda. A vida não continua e a Terra parou de girar.

Isso é bem clichê, mas se for parar para pensar é para quem vê de fora. Já que para nós, que estamos vivendo isso é algo inesperado, novo, único, marcante… De clichê nada tem.

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s