Caminhada

Outro poema com intertextualidade… pros saudosos tem um pouco de Castelo Rá Tim Bum logo ali… a leitura do poema foi da linda Natacha Pastore ❤

 

Caminhada

Caminhei,

A longa estrada visualizei

Parei

Descansei

Cochilei,

Pensei em desistir

Mas vi você olhando para mim

Então recomecei

Caminhei novamente,

Milhas e milhas

Terras desconhecidas,

Ao longe ouvi um barulho

Um trem que passava e gritava

“Café com pão

Café com pão

Café com pão”

Sorri!

Prossegui

Inspirada e confiante,

Deixei o pessimismo

E voltei a caminhar

Caminhar

Caminhar

Caminhar sem parar,

Até os pés suplicarem

Para parar

Caminhar

Caminhar

Caminhar

Falta muito?

Olho para o céu

Procurando uma resposta que não vem,

Não vejo mais o trem

Não vejo mais ninguém,

Paro e penso

Será que eu já cheguei?

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s