Carta de um amor…

“Foi você virar as costas que eu me desmontei! Meu coração palpitou e meus olhos lavaram-se. É APENAS saudade já tomando conta… ou talvez uma lembrança de que partidas são reflexos de ausência.

E sua ausência vai me fazer com que eu sinta um pouco vulnerável! Por favorrrrr isso não é um mal. Talvez seja meu lado mulherzinha hahaha. Amor eu te amo com todas minhas forças e não forças.

Quero que você aproveite por nós dois. Eu estarei aqui te esperando morrendo de saudade do seu cheiro, do seu carinho, do seu cuidado.

Do nosso amor, do nosso encaixe… dos nossos abraçados e principalmente do seu olhar fascinante!

Eu posso sofrer um pouco por conta do nosso cotidiano já adquirido. Eu posso chorar por você. Eu posso me cobrar por fazer o que parte de mim diz para não fazer, mas eu vou, eu juro que vou. Eu vou. Eu vou dar o meu melhor e te fazer viver tudo de bom que eu sempre quis para mim.

Eu sei o jeito certo, é aquele mesmo que eu tanto espero; aquele mesmo que eu gosto e que sei que faz bem. Eu vou te tratar de um jeito que eu gostaria que me tratassem. Deixando você realizar seus sonhos, os nossos sonhos!

Estarei te esperando!

Atenciosamente, seu amor!”

abrac3a7o-no-trem

 

 

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s