Um pequeno desabafo da vida real

Por: Luana Militelli

Ela é mente aberta. Conversa sobre vários assuntos, inclusive os polêmicos, com todos. Não tem vergonha e dá a cara a tapas por suas causas. Ela gosta de quebrar tabus e acredita que exista “n” formas de amor. Ela é mulher, independente, tem sua sexualidade definida e não tem medo de ninguém. Aos olhos dos outros ela é uma puta.

Venho tratando deste assunto há muito, muito tempo, e uma coisa não me desce ainda, como, em pleno século XXI ainda exista preconceitos por mulheres com conceitos? Como pode existir homens covardes que as expõe pelo simples fato de não querer nada com ele, ou, de achar, que por você estar conversando sobre assuntos como sexo, está dando em cima ou está louca para, como se fala mesmo, ah sim, “dar” para o indivíduo?

Não entendo como uma sociedade tão hipócrita pode julgar uma pessoa pelo simples fato de conversar e expor suas opiniões. Falar sobre sexo anal e não ter interesse em fazer com a pessoa. Quebrar tabus e não os deixar mais oprimidos dentro do pensamento, só porque uma determinada sociedade conservadora não apoia e cria estereótipos aos demais que falam abertamente.

Uma coisa muito chata aconteceu, comigo particularmente. Quem acompanha meus textos sabe que sempre falei de sexo, da força da mulher e de relacionamentos que podem ou não, ser sadios. Sofri com o preconceito, fui chamada de puta, biscate, e que não valia nada. Sim, fui chamada por homens que eu pensei que eram amigos, dos quais sempre me mostraram que eram mentes abertas, assim como eu. Pensava que poderia falar sem ter medo de ser julgada, mas eu fui.

luana

Isso me entristece, e me entristeceu tanto que hoje tenho medo confiar nas pessoas, pois até algumas amigas me diziam que eu deixava uma “brecha” para que eles falassem algum tipo de coisa. Até quando vamos esconder que todo mundo transa? Até quando vamos esconder que existam casais com relacionamentos abertos e o que eles fazem ou deixam de fazer é problema do casal e de mais ninguém? Até quando vamos ser humilhadas por caras babacas e covardes, que acham que só porque não ganham nudes tem o direito de falar que ganharam, e que a propósito, soltou a boquinha no trombone para dizer que a garota queria transar com ele?

E se queria, porque divulgar isso, fica para você. As coisas faladas em facebook, whatsapp e demais aplicativos jamais devem ser compartilhadas para zombar da vida alheia. Você deveria se sentir feliz por ter uma garota que queira fazer sexo com você, porque talvez você não seja o cara fodão que acha que é.

Eu não quero ter de me esconder, a pessoa que conversa e que brinca, mas as vezes o medo faz a gente se auto excluir e hoje já nem sei mais quem eu sou. Então se alguém fez esse tipo de coisa e se identifica, por favor, tenha paz na alma porque só assim você não ferirá mais ninguém. Se coloque no lugar da pessoa, ela também tem sonhos, amores e uma vida, acima de tudo. O quanto isso pode complicar a vida de alguém, a minha vida, só o tempo irá dizer. Mas uma coisa eu sei, nunca estive tão forte!

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s