Ô Velho Chico

Ô meu velho Chico,

encantadora essas tuas águas,

quis levar o moço que brincava com a arte,

da ficção se tornou realidade.

Não quero jamais com esse texto criar mais holofotes diante do trágico acidente com o ator Domingos Montagner, só me trouxe reflexões diante do Rio São Francisco, sobre a arte e a vida, tão frágil e pequena.

Tive a oportunidade de conhecer o rio São Francisco, quando montamos os passeios ele nem estava previsto, de último acaso conheci o famoso.

Eu fiquei tão empolgada, tão feliz, pela história que esse grande rio carrega consigo, o querido Nilo brasileiro. Ainda mais no Nordeste, lugar de extrema seca, ele é importantíssimo geograficamente, carrega consigo muitos significados para o povo sertanejo e  traz sustento através da pesca. O povo do Nordeste tem uma cultura linda, tanta alegria, mesmo diante de tantas dificuldades.

download

Talvez sua grandeza encante e suas histórias também.

Precisamos olhar com mais atento a gestão dessas águas e os cuidados, nas nossas nascentes, água que jorra vida, infelizmente, velho Chico sofre com problemas de grandes monoculturas, que acabam destruindo a mata ciliar e  assoreando o rio, pecuária, agrotóxicos etc. Realidade não só desse rio, mas de muitos.  O próprio nomeado com nome de santo protetor da natureza e dos animais.

download

A natureza em seu ciclo é muito sábia, consegue regenerar o que foi devastado, mas tem seus limites.

Nossa cultura lida com a morte de uma forma muito pesada, pela ausência da pessoa em nosso dia a dia, mas, quem acredita de uma forma muito espiritualizada, sem entrar em méritos religiosos, sabe que aqui é uma breve passagem, achei muito bonito o relato dos índios dizendo que hoje Domingos é mais um dos protetores do Velho Chico. Acompanhei mais a primeira fase da novela e me encantei principalmente pela fotografia, acompanhava trechos dessa segunda fase e por conhecer um pouco sobre  artes cênicas considerava excepcional o trabalho do ator, ele transmitia muita serenidade com o olhar, o moço palhaço.

download

É estranho, que por mais que você não conheça a pessoa, se sensibiliza, já que vários dias da semana, ela está presente ali de alguma forma e por ter empatia, se colocar no lugar do outro. Nós seres humanos nos consideramos demasiadamente grandiosos, mas somos frágeis. Todo ser humano deixa um pouco de suas personagens e suas histórias.

A arte imita a vida, nesse caso a vida imitou a arte.

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s