O dia das Mães chegou e mais um ano fui convocada para fazer um texto especial. Era para o texto sair na sexta, mas achei mais digno ele sair no domingo. Afinal é o aniversário da minha mãe <3. Já aproveitei pra fazer uma baita moral com mamãe ;). E claro, além da aniversariante ilustre, é dia de desejar um FELIZ DIA para TODAS as mamães!

Primeiramente queria deixar claro que normalmente sou convocada pra essas pautas por ser mãe da Serena (@castelodaboneca – dá moral pra ela no instagram vai, por favorzinho!). Só por esse motivo posso dizer que já passei por muuuuitos momentos de expectativa x realidade. A Baby Dino vive me surpreendendo, isso vai desde sua independência até mesmo ao dormir agarrada com a comida e falar “não pega meu lanche, eu to comendo”, repetindo ELA TAVA DORMINDO E NÃO QUERIA SOLTAR A COMIDA!!!

Sem mais delongas, pedi ajuda prazasmigas mamães do meu facebook contarem um pouco sobre suas experiências e hoje fiz uma listinha de desabafo materno sobre Expectativas x Realidade!
Sem dar spoiler do que vem por aí… Mas toda mãe vai se identificar com pelo menos um dessas situações, algumas divertidas (claro, a maioria depois que passamos pelo momento de tensão), outras… Bom… Melhor deixar que elas falem sobre o assunto!

Vamos começar com o mito da amamentação, afinal somos programadas para achar que é uma das coisas mais lindas e naturais do mundo. Mas a realidade pode ser um pouco diferente, como nos contou a mafagafa Fernanda Sherer:

“Eu achava que amamentar seria lindo e natural, mas passei 20 dias socando as paredes de dor e mais 17 meses vazando leite até dormindo hahahaha”

Ainda sobre a expectativa de amamentar e muitas vezes não conseguir, temos o relato da nossa mamãe mafagafa do ano, Daryanne Cintra:

“Pelo fato de não ter amamentado o Enzo, logo dei chupeta. Eu achava que chupeta servia para acalmar, mas no caso do Enzo serve para morder. Prejuízo em dobro. Todo mês uma chupeta nova. E ai da mamãe e do papai se não comprar hahahaha.”

Que mulher antes, ou enquanto está gravida, nunca olhou a criança fazendo birra e pensou “JAMAIS QUE MEU BEBÊ FARÁ ISSO!!!. E bemmm, sem delongas, deixarei que a  Katiane Bruna Paiz nos fale um pouco sobre o assunto:

“A Katherine foi uma criança super calma que dormia era tranquilo, até começar a se jogar no chão e chorar por qualquer coisa… antes chegava na casa das pessoas e ela era super de boa. Hoje chega na casa das vovós empaca no caminho, fica em burrada e até deita no chão! Nunca imaginei passar por isso achava que ela ia ser certinha, calma… nunca havia se comportado de tal forma”.

Uma das maiores expectativas quebradas durante a maternidade é a de que bebês só dormem, a Ana Laura Leghi Terciotti nos contou um pouco sobre o assunto:

Expectativa: Sei que um recém nascido não dorme a noite toda, porém mama de 2 em 2 horas…mas como sou muito positiva achei que com alguns meses tudo se encaixasse e meu sono e do bebê voltasse ao normal!
Realidade: passou a fase “One Terrible”, “Two Terrible” e nada de dormir aqueeeeele soninho bom…mas amo muito tudo isso!

A Patricia Bassan está aqui para provar que mesmo a expectativa do sono pode ser diferente, do tipo, leia o relato a seguir (e se você é mãe, morra de inveja deste relato)

“Expectativa: o SONO…todos diziam que a criança não dorme….que era pra eu dormir muito antes dele nascer…pq seriam noites e noites acordadas…
Realidade: cheguei do hospital…liguei o Skype para minha avó vê-lo…e ela me diz: “Patrícia vc acorda para comer…eu digo “não”…ela: então ele tbm não come de madrugada…se chorar coloque a chupetinha na boquinha dele e pronto”…e eu fiz…só chorou duas noites…. mamãe e Caetano felizes para sempre…
#dormimosmuitooooo
🙏😍😄”

A Ana Laura também contou um pouco sobre quando seu segundo filho, o lindinho Cadu, começou a querer aprender as cores:

“Cadu soltando a língua recentemente…com 2 anos e meio não fala muito, faz muitas mímicas para nós, aqui da família, entende – lo. Enfim, esta descobrindo as cores, com a Dora aventureira.E o azul e amarelo ele fala em inglês…rsrs “blue” e “yellow”…❤.”

E por último deixei o relato da Kaliandra Gianluca Di Vita, mãe do Matteo, o rei da Expectativa x Realidade, que contou duas situações beeem fofíneas e engraçadas:

“Levamos no cinema pra ver o filme do desenho preferido dele, expectativa: ver os olhos dele brilhando sem desgrudar da telona. Realidade: assistiu os primeiros 10 minutos e começou a perambular pelo cinema todo o resto do tempo.”

“Tipo compra um brinquedo obviamente esperando que ele adore e brinque, ele brinca com a caixa. Outra: comprei uma guitarra que tocava musiquinhas esperando que ele fizesse de conta que estava tocando, ele colocou a guitarra no sofá, apertou o botão da musiquinha e ficou dançando. Isso sempre, tipo ele nunca usou a guitarrinha pra tocar…kkkk”

E aí, você é mãe e já passou por alguma situação assim? Conte aqui nos comentários, quem sabe numa próxima o seu desabafo também pode estar aqui!
Mãe, PARABÉNS, não apenas pelo seu aniversário, mas por ser uma mãe incrível, não sou muito de falar, agradecer e nada dessas coisas fofas, mas espero que do meu jeito ogro (que você não se identifica e diz que eu mato você de vergonha) eu ainda consigo fazer você entender que eu te amo! ❤

E para as outras mamães, FELIZ DIA DAS MÃES, acho mesmo que deveriam enaltecer as DEUSAS que SOMOS todos os dias, afinal ser mãe é o trabalho mais difícil e recompensador do universo! A sociedade exige de mais de nós, porém eu tenho esperanças, que aos poucos a sociedade irá compreender e nos respeitar. Todo amor e apoio do mundo! :*

Anúncios

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s