Tempo, eu me pergunto se ainda tenho.

Fiz 30! 30 anos!

Eu tinha planos esquematizados, mas não é a primeira vez que meus planos falham.

2017 foi até hoje, o ano mais DIFÍCIL da minha curta vida.

Curta sim! Uma vez li, que ter 30 anos é não ser mais tão jovem, mas também não ser “velho” o suficiente. É como estar no limbo, a adolescência do seu período adulto. Só que não é assim que você se sente. Bom, pelo menos não eu.

Neste ano, lascado de complicações, minha vidinha pacata mudou completamente.

Eu vou resumir pra vocês.Tudo começou em fevereiro, quando como milhares de brasileiros, entrei para as estatísticas de desemprego. Foi dose! Eu moro na fronteira. Dois meses depois, advinha onde consegui um trabalho? Isso aí, no Paraguai. Eu chorei todos os dias por ter que ir para lá, mas meu “namorado” insistiu muito. Eu fui. Lá, roubaram meu celular! Se dei vacilo ou não, não vem ao caso. Fui roubada, ponto!

Hã, e o namorado? Bom, terminou. Depois de 7 anos e quase 3 meses, terminou. E em duas palavras, FOI FODA! Depois disso, minha vida foi degringolando (essa palavra é muito boa, degringolar). Sai da empresa no Paraguai, voltei a trabalhar no Brasil, opa vai ser bom agora. Foi e não foi.

Aaa meu cachorro, o Guga, fugiu e nunca mais voltou. Sai do emprego novo, o terceiro do meu ano difícil, mas agora to em outro e o pessoal, a firma ❤️ ❤️ ❤️.

Eu entendo que outras pessoas pelo mundo, muito provavelmente, tiveram um 2017 muito pior que o meu, mas estamos falando de mim e de vocês aqui, então foco!

Então, em outubro fiz 30! E depois de tudo isso e dos planos terem ido por água abaixo na “Garganta do Diabo”, eu fiquei me perguntando: E agora?

To começando TUDO outra vez, e a cabeça ta cheia de dúvidas.

Eu já tinha ouvido falar de crise dos 30, mas isso? Kkkkk, parecia mesmo piada! Passei o ano todo rindo de nervoso.

E quer saber? Os meus amigos! Os que eu já tinha, os que eu fiz. Sem eles eu estaria escrevendo isso de um hospício.

Seus amigos, depois da sua família, são a coisa mais importante que você tem! Agradeça todos os dias por eles.

Obrigada Deus!

Agora com minha idade nova, eu me pergunto, será que vou gostar de alguém outra vez? Será que alguém vai gostar de mim? Vou conseguir comprar minha casa? um carro, talvez?

Minha nossa, não tenho carteira de motorista. Não fiz uma poupança. Não tenho um consórcio, nem um negócio próprio, não peso os 65 quilos indicados pra minha estatura, não fiz viagens incríveis, moro com meus pais. Caramba, eu sou mesmo adulta? Já tenho 30!

É  assim, que a cabeça da gente fica!

Mas, calma ainda há esperanças!

O que eu fiz? Terapia. kkkk

Escrevi pra vocês. Tudo o que eu sentia, escrevi. Entendi que eu gosto disso, que isso faz parte de quem sou. Então, encontre aquilo que te faz bem, te ajuda a entender quem você é.

Decidi assumir meu peso, porque não to afim de ficar pinel tentando emagrecer. Então, aceite-se! Só mude se você realmente quiser e por você, por mais ninguém!

Tem que aprender a amar a si mesmo! Por mais amor que a gente tem pela mãe, o pai… Nós somos a pessoa mais importante das nossas vidas.

Pense no que você quer fazer, viajar, comprar uma TV, casar, pintar seu quarto, pagar todas as dívidas, começar um jardim, qualquer coisa! Trasse o plano e faça da melhor forma que você puder.

Lembre-se, ninguém vai viver suas experiências por você!

E o melhor que você pode fazer por você: Seja egoísta! Conselho estranho? Tem lógica.

Eu não fui. Até uns 5 meses atrás eu pensei sempre no “nós”, e quando as coisas mudaram eu não tinha um rumo, um plano para mim, um futuro “sozinha”. E agora, na incógnita dos 30 estou ai, na luta pra descobrir o que será de mim. Deus sabe. Eu? Eu to tentando descobrir.

Mas é isso, os 30 podem ser muitas coisas. Para alguns hora de casar, para outros de realizar sonhos, quem sabe, o momento de mudar de vida, pros calmos, seguir com a maré. De fato muitas, muitas coisas. Para mim, eles chegaram sendo um período de recomeço.

Abrace os seus 30 anos e vá ser feliz! Ou tente. Eu sei que não dá pra ser feliz 24h por dia, 7 dias por semana. Eu só quero dizer:

Aproveite tudo que a vida tem pra oferecer, mesmo que como eu, você esteja começando aos 30 anos. 😉

 

Anúncios

3 comentários em “30 Caramba!

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s