Escrevendo o texto de hoje, completo 25 anos! Acontece algumas crises nessa idade, que compartilho com a minha geração dos anos 90, do que observo e sinto. Em tempos de uma sociedade completamente ansiosa. Vinte e cinco é mais próximo dos 30 do que já foi os 18, (pausa para as dores nas costas).

Já não somos tão novos, mas nem tão velhos. Ficava em uma séria cobrança de terminar coisas que comecei agora, que se estendem aos 30 e 35 e pô, a vida tá aí pra ser vivida, de forma planejada ou não, mas é quase impossível não se prender a cronogramas, ficamos presos também nessas listas do “que você deve fazer aos 25”, “dicas fundamentais para alcançar o sucesso” e tantos is. Como e a vida fosse receita de bolo, pode até ser, mas eu gosto dos imprevistos que a vida favorece.

Parafraseando comparações também me mudei de casa, talvez a vida seja isso mesmo, tá tudo lá arrumado e bonito, aparentemente em ordem e de repente, mudanças! E quando nos mudamos vemos quantos entulhos acomodamos, quantas caixas guardadas e objetos, e até colocar tudo em ordem novamente é exaustivo, nos desfazemos de coisas que já não nos servem, fazemos a limpa mesmo e fica o que realmente é necessário. Depois da bagunça, da euforia e do cansaço, fica tudo lindo de novo, podemos permanecer na mesma casa, ok! Mas sempre haverá uma parede para ser colorida, um vazamento a ser concertado ou um jardim a ser regado, processos de transformações necessários ao longo da vida. É cansativo colocar tudo em ordem de novo, mas é satisfatório observar os novos cantos do bairro, sentir o ar diferente e observar a rotina em outro espaço. Processos de mudança geralmente são para espaços melhores.

Aos 25, mudanças acontecem mas acredito que vamos fortalecendo nossa morada, se conhecendo, afinal é ¼ de século, é um tempo considerável para se conhecer e remodelar o que for preciso. As responsabilidades pesam mais, e também queremos significados na vida, pessoas de verdade conosco. Queremos isso por toda a vida, mas percebemos como vamos amadurecendo e que nada é estável.

Anúncios

Um comentário em “É preciso saber carregar as caixas das mudanças

Obrigada por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s