E aí?

A idade vem chegando e nosso metabolismo já não é mesmo, a ingestão de carboidratos  a noite passa a ser ingerida de forma moderada, os legumes fazem (ou deveriam) parte do cardápio. Pequenas dores já começam a aparecer, os 'Dorflexs' já são muito comuns em nossas bolsas, as recomendações médicas já fazem mais sentindo, e … Continue lendo E aí?

Anúncios

Quando a mudança de comportamento é uma doença

Um dia tudo são flores, no outro só os espinhos são vistos. É normal mudar de humor depois de algo ter acontecido. O ser humano é movido não só pela razão, mas também pela emoção. O problema é quando as mudanças são frequentes sem motivação aparente ou quando as pessoas têm determinado comportamento que causa … Continue lendo Quando a mudança de comportamento é uma doença

Comprometa-se

Discutir relação é se importar. Mas caso você perceba que passar por uma DR não vai resolver o problema, pode significar que não tem mais jeito. Mas isso não quer dizer que você não se importa, é só que não vale mais a pena tentar arrumar aquilo que não tem concerto. Nessa segunda situação qual … Continue lendo Comprometa-se

Primeiro, aprender a ficar quieto. Depois, aprender a ouvir.

Por: Yuri Amaral Antes de começar, preciso reconhecer meus privilégios sociais: tive uma boa infância, pude estudar sem precisar me preocupar em largar tudo para sobreviver. Quando me veem, enxergam um homem cis branco que nunca passou necessidades financeiras na vida, e o que veem na gente antes de nos conhecerem conta muito em uma … Continue lendo Primeiro, aprender a ficar quieto. Depois, aprender a ouvir.

Há 3 anos atrás…

Nem sempre sonhei em engravidar. Aos 16 achava terrível, e dizia que SE um dia engravidasse nunca que eu ia parir. Aos 17 sonhava em ter filhos, e daí em diante tornou-se um assunto muito querido por mim. Aos 21, já casada (mas sem previsão de filhos), encontrei ao acaso o site da Cris Doula, … Continue lendo Há 3 anos atrás…