Amores leves

Toca o telefone, ouve minha voz imatura de incertezas cotidianas, do medo das correrias, dos estresses dessa vida e das alegrias consumidas. Tem dias que se acinzentam e logo aparece um caminhar em teu sorriso. Tô aqui por nós e me deixa ouvir tua voz na simplicidade de um dia comum com refeições de pão … Continue lendo Amores leves

Anúncios

Baunilha

A prateleira de condimentos. Você está parado em frente a prateleira de condimentos segurando essência de baunilha. Baunilha, era o cheiro do cabelo dela. As memórias estão saltando das profundezas dos seus pensamentos. Lembranças da suavidade dos fios que nunca davam nós, o cheiro de baunilha no travesseiro, as longas cascatas suaves, adocicadas e negras, … Continue lendo Baunilha

Aquele em que eu juntei as escovas

Juntamos os trapinhos, essa frase é bastante ouvida quando se trata de casais. Mas como chegar na fase que as escovas de dentes são guardadas no mesmo lugar? É uma resposta simples, amor! Sim, é o amor que resume tudo, quando se trata de dividir a vida pra sempre com alguém. Não é uma decisão … Continue lendo Aquele em que eu juntei as escovas

Perdida

Ontem você disse várias coisas das quais me feriram, mais uma vez senti o coração quebrando aos poucos e silenciosamente.  Passei um bom tempo me perguntando "Por que será que as pessoas que amamos são as que mais nos ferem?". Será que a intimidade nos dá o direito de dizer algo sem mensurar o estrago … Continue lendo Perdida

Não se cobre tanto

Eu demorei e enrolei para começar a escrever esse texto, fiquei cuidando das fontes, dos espaçamentos e da justificativa, repletos de modos robóticos, uma procrastinação com a intenção de encontrar um tema, algo que aparecesse de repente, em um estralo de dedos e: - olhe isto, daria um ótimo texto! Divaguei. Textos não são criados … Continue lendo Não se cobre tanto