Todos os Dias

Todos os dias, quero segurar na sua mão e olhar em seus olhos; Quero me redimir dos erros que cometi; Todos os dias, quero sentir seu cheiro, seu toque, seu calor; Todos os dias, quero ouvir sua voz, ver seu sorriso; Todos os dias, quero estar ao seu lado, dormir em seus braços... Mas, algo … Continue lendo Todos os Dias

Confissão do incerto

Algumas coisas estão acontecendo e sinto como se não soubesse ou se não fizesse parte delas. É uma coisa muito estranha, ainda mais com essa sensação que não passa por nada, começa com um aperto no peito, um arrepio gélido subindo pela espinha, uma voz dizendo algo que não sei definir. As lágrimas pedem para … Continue lendo Confissão do incerto

Você precisa pedir ajuda

Atlas, da mitologia grega, é conhecido por carregar (literalmente) o mundo nas costas. Não sei vocês, mas eu tenho esse costume de abraçar tudo com braços e pernas, aceitar muito mais coisas do que posso dar conta, e isso tudo tem um grande incentivo da ansiedade que sinto desde muito pequena. A ansiedade é como … Continue lendo Você precisa pedir ajuda

Era uma vez

-Hoje eu pensei em nós… -Achei que fizesse isso sempre. -Não, Er... Faço, mas hoje foi diferente. -Diferente como? -Apenas diferente... -Hum... -O nós poderia existir e poderia até ser perfeito... -E por que acha que não é? -Deixamos que pequenas coisas se tornem grandes, quando na verdade não são... E as importantes acabamos deixando … Continue lendo Era uma vez