Como o Bullet Journal está me ajudando e poderá te ajudar também

New year, new me. Todo ano a gente fala isso, né não? E mais: Enchemos nossos corações de promessas e metas (que geralmente a gente esquece no meio do caminho e repete tudo no ano seguinte), algumas modestas, outras tangíveis e muitas bem ambiciosas, mas chega dezembro e descobrimos que vários desses objetivos nós abandonamos … Continue lendo Como o Bullet Journal está me ajudando e poderá te ajudar também

O novo ano espera que sejamos melhores

Um ano. Não foi daqueles com bons adjetivos para citar, foi  mais um nessa breve história que temos.  Cada ano traz aprendizados e experiências, cabe à reflexão do que é importante e necessário, é esse processo que denominamos como amadurecimento. É importante criar metas ou listas, como um aviso do que desejamos, já que nossa cabeça … Continue lendo O novo ano espera que sejamos melhores

Só posso dizer

Leia ouvindo: Nando Reis - Só Posso Dizer (Seattle) (Jardim-Pomar) Voltando para a casa, dia cansativo ligo em uma rádio da cidade e começo a prestar atenção na melodia que começa tocar, a voz era inconfundível, era do ruivo Nando Reis. Sobre a música, o cantor comentou: “É uma dessas músicas que parecem que já … Continue lendo Só posso dizer

Desafios

E quando caímos nos nossos abismos, diante de uma fuga incontrolável de ser ou não. Quando buscamos ser livres, presos em nossos conflitos internos. É preciso respirar e se aliviar de tantos sobrepesos em nossos dias. Crescemos norteados de padrões, de responsabilidades, de obrigações programadas, não só pelo eu, mas por um conjunto! Sim, são … Continue lendo Desafios

A sensibilidade literária

Em tempos tão hostis, a literatura nos emociona e trata de uma forma delicada e envolvente situações históricas da humanidade, como o fato da Segunda Guerra Mundial, se baseando em fatos verídicos como “O diário de Anne Frank”, ou que mistura a realidade com a ficção nas obras de “A menina que rouvava livros” e … Continue lendo A sensibilidade literária