Alomorfia

Vocês já passaram por mudanças consideráveis, que desestabilizam certezas que foram construídas por anos? De começar do zero, de um lugar desconhecido, criando um estranhamento. Mas sabe quando sentimos uma certeza? Por mais que não pareça favorável, a impressão de que é certo o que se está fazendo. Como algo que sempre sonhamos, queremos e … Continue lendo Alomorfia

Anúncios

I’m Ready to Cole!

Um dos meus vícios mais recentes de leitura esse ano tem sido a série Os Lobos de Mercy Falls, de Maggie Stiefvater. A saga foi publicada em 2009, mas fico feliz de ter encontrado (mesmo que tenha demorado todo esse tempo). Dividida em três livros (e um quarto contando uma história só), é uma das histórias … Continue lendo I’m Ready to Cole!

Dia Nacional da Poesia

Ouvi dizer que a data do Dia Nacional da Poesia mudou em 2015, (o que eu particularmente acho uma grande sacanagem, com o antigo “homenageado”) porém não importa, vamos celebrar nos dois dias – teoricamente a data foi para 31/10, data de nascimento do poeta Carlos Drummond de Andrade e não no dia do nascimento … Continue lendo Dia Nacional da Poesia

Palavras

Eu escrevo textos corajosos como um leão, cinzas como as grandes cidades e romantizo os fins. Na inconstância do incerto, das leituras dos poemas de Drummond, das distâncias universais e dos olás vizinhos, contraponho uma canção, das poesias dos dias e suas melancolias. É se reinventar com os meios e as faltas, entender as vírgulas. … Continue lendo Palavras

Só posso dizer

Leia ouvindo: Nando Reis - Só Posso Dizer (Seattle) (Jardim-Pomar) Voltando para a casa, dia cansativo ligo em uma rádio da cidade e começo a prestar atenção na melodia que começa tocar, a voz era inconfundível, era do ruivo Nando Reis. Sobre a música, o cantor comentou: “É uma dessas músicas que parecem que já … Continue lendo Só posso dizer