Aos 25

Descobri muitas coisas logo que fiz 25 anos. Primeiro pensei “nossa, eu to ficando velha, logo faço 30”, mas com o tempo você vê o quanto isso é bobagem. Os 25 anos são seus melhores anos. Você aprende que a vida está apenas começando. Com 25 anos, você descobre que ter feito apenas uma faculdade … Continue lendo Aos 25

I’m Ready to Cole!

Um dos meus vícios mais recentes de leitura esse ano tem sido a série Os Lobos de Mercy Falls, de Maggie Stiefvater. A saga foi publicada em 2009, mas fico feliz de ter encontrado (mesmo que tenha demorado todo esse tempo). Dividida em três livros (e um quarto contando uma história só), é uma das histórias … Continue lendo I’m Ready to Cole!

Palavras

Eu escrevo textos corajosos como um leão, cinzas como as grandes cidades e romantizo os fins. Na inconstância do incerto, das leituras dos poemas de Drummond, das distâncias universais e dos olás vizinhos, contraponho uma canção, das poesias dos dias e suas melancolias. É se reinventar com os meios e as faltas, entender as vírgulas. … Continue lendo Palavras

Risos Nossos de Cada Dia

Temos o costume de sempre lembrar mais das coisas negativas que acontecem em nossas vidas, do que daquilo que nos faz feliz. É uma mania bem chatinha e mei ingrata do ser humano. Além é claro de parecer que está na moda dizer que está quebrado, que o último ano foi uma merda e principalmente … Continue lendo Risos Nossos de Cada Dia

Só posso dizer

Leia ouvindo: Nando Reis - Só Posso Dizer (Seattle) (Jardim-Pomar) Voltando para a casa, dia cansativo ligo em uma rádio da cidade e começo a prestar atenção na melodia que começa tocar, a voz era inconfundível, era do ruivo Nando Reis. Sobre a música, o cantor comentou: “É uma dessas músicas que parecem que já … Continue lendo Só posso dizer