Amores leves

Toca o telefone, ouve minha voz imatura de incertezas cotidianas, do medo das correrias, dos estresses dessa vida e das alegrias consumidas. Tem dias que se acinzentam e logo aparece um caminhar em teu sorriso. Tô aqui por nós e me deixa ouvir tua voz na simplicidade de um dia comum com refeições de pão … Continue lendo Amores leves

Anúncios

Confissão do incerto

Algumas coisas estão acontecendo e sinto como se não soubesse ou se não fizesse parte delas. É uma coisa muito estranha, ainda mais com essa sensação que não passa por nada, começa com um aperto no peito, um arrepio gélido subindo pela espinha, uma voz dizendo algo que não sei definir. As lágrimas pedem para … Continue lendo Confissão do incerto

Só posso dizer

Leia ouvindo: Nando Reis - Só Posso Dizer (Seattle) (Jardim-Pomar) Voltando para a casa, dia cansativo ligo em uma rádio da cidade e começo a prestar atenção na melodia que começa tocar, a voz era inconfundível, era do ruivo Nando Reis. Sobre a música, o cantor comentou: “É uma dessas músicas que parecem que já … Continue lendo Só posso dizer

Cadê o tal do “sinal”?

O futuro é uma coisa terrível e maravilhosa ao mesmo tempo. O ser humano quer de todas as formas prever o que irá acontecer. Apela para tudo, cartas, horóscopo, bolas de cristais e outras maneiras. Nem sempre encontra um “sinal” ou acha a resposta. E nesse ponto então que entra o medo... Que medo? Provavelmente … Continue lendo Cadê o tal do “sinal”?

Não seja refém dos seus medos

Quantas e quantas vezes você deixou de fazer algo por medo? Medo de como seria, medo das circunstâncias, medo das consequências, medo de não dar certo, medo de se frustrar. E aí, a oportunidade passou e você não soube o que no fundo aconteceria. Talvez essa seja a pior sensação que podemos viver. Não ter … Continue lendo Não seja refém dos seus medos